Future of Corporate Learning

Com os ciclos de inovação cada vez mais curtos, as empresas enfrentam um novo desafio: manter as suas competências-chave atualizadas em tempo real.

Esta dimensão estratégica do “planeamento dos recursos humanos” não pode assentar apenas no recrutamento; os colaboradores devem estar, permanentemente, num processo de aprendizagem.

Como tal, a primeira competência que as empresas procuram, agora, é a capacidade de aprender e as empresas estão particularmente à procura de “learning animals”, um termo criado pela Google.

Se considera relevante a apresentação deste estudo na sua empresa, contacte a FABERNOVEL:

Future of Corporate Learning “]