Read More

Steve Jobs: O criador da mudança

Jobs, com a Apple, não se limitou a gerir a mudança, mas foi o maior criador da mudança na Era Digital. Marcou o Mundo e a Humanidade de forma determinante e definitiva nas indústrias de hardware, software, distribuição digital de conteúdos (música, vídeo e aplicações) e cinema de animação com a Pixar(…)
(…)
Steve Jobs não mudou só o Mundo, mas, ele próprio mudou ao longo dos anos(…)

Read More

Apple: Valorização durante o mandato de Steve Jobs

Um dos principais indicadores sobre o crescimento de uma empresa cotada é a sua capitalização bolsista. Durante o mandato de Steve Jobs a Apple passou de 3 mil milhões de dólares em 1996 para 347 mil milhões de dólares (Agosto de 201).

Veja o gráfico com a evolução da capitalização bolsista e os principais marcos históricos que se reflectiram na valorização da Apple.

Read More

Apple: A maior empresa do mundo

Era uma vez, uma empresa que estava prestes a falir há 15 anos e que hoje é a maior empresa do mundo.

Esta é a forma mais resumida a história de uma das empresas que mais mudaram e influenciaram o mundo.
A Apple já é e será um dos casos de estudo mais interessantes das escolas de gestão e o seu fundador Steve Jobs, que depois de sair da empresa em 1984, regressou no final de 1996 e conseguiu salvar a Apple da falência e reposicionar a empresa de forma singular.

Read More

Organogramas: Amazon, Google, Facebook, Microsoft, Apple e Oracle

O modelo de organização é um reflexo importante sobre a cultura e ADN das empresas.
Manu Cornet, um engenheiro do Google desenhou a sua perspectiva sobre o modelo organizacional das empresas: Amazon, Google, Facebook, Microsoft, Apple e Oracle.
Apesar, da dose de humor esta ilustração não está longe da realidade 🙂
Inspire-se e experimente desenhar e partilhar o organograma da sua empresa 🙂

Read More

1 Bilião por 1 Bilião

O número de utilizadores de Internet em todo o mundo atingiu o bilião, o mesmo número de pessoas abaixo do limiar de pobreza em todo o mundo.
A World Food Programme é a maior agência humanitária a combater a fome em todo o mundo, a este propósito avançou com a campanha: 1 Bilião por 1 Bilião
Veja o video da campanha e como pode contribuir.

Read More

Descobrimentos2.0

É verdade que a História se repete. A Era Digital que hoje vivemos é muito semelhante ao período dos descobrimentos nos Séculos XV e XVI.
No início do ano 2000, chegámos ao “Cabo das Tormentas”, com a “bolha da Internet”, e muitas empresas dot.com faliram, outras resistiram e novas nasceram.
Entretanto, muitos já dobraram o “Cabo da Boa Esperança”, mas há também “piratas” a atrapalhar e um “Tratado de Tordesilhas”(…)

Read More

Boom ou Bolha? [Infografia]

Muitos analistas e investidores têm demonstrado dúvidas sobre se estamos a viver uma nova bolha das dot.com ou se de facto estamos no boom da indústria.
Ainda não há concenso e as opiniões dividem-se. A confusão é legítima, pois estamos viver uma nova Era, a Era Digital é um novo período da história da Humanidade, semelhante ao que vivemos no período dos Descobrimentos nos séculos XV e VI.

Read More

2011: O ano dos grandes IPO´s nas dot.com [Infografia]

2011 ficará na história como um dos mais relevantes e mais importantes da Era Digital, com a entrada em bolsa de muitas dot.com.
A rede social profissional LinkedIn deu o pontapé de saída, seguiram-se o motor de busca russo Yandex.ru e a rádio On Line Pandora.
As próximas grandes “estrelas” a animarem o mercado serão a editora de videojogos Zynga e o site de descontos Groupon… e em 2012 será o momento do Facebook.
Veja a infografia com a cronologia das maiores dot.com

Read More

Pandora Internet Radio entra em bolsa [VIDEO]

A empresa Pandora Media, Inc., líder em rádio na Internet nos Estados Unidos, anunciou hoje o preço de sua oferta pública de venda (IPO – Initial Public Offer) de 14,7 milhões de acções ao preço 16 dólares por acção avaliando a empresa em 2,6 mil milhões de dólares.
A operar apenas nos Estados Unidos, a Pandora Internet Radio tem mais de 90 milhões de utilizadores registados e as suas receitas em 2010 atingioram os 137,8 milhões de dólares mas nunca foi rentável e perdeu no ano passado perdeu 1,8 milhões de dólares.
Veja o comentário de Scott Kessler da Standard & Poor´s sobre o IPO da Pandora no canal Bloomberg