Oi… estás Vivo?

Ficou fechado o maior negócio alguma vez feito por uma empresa Portuguesa. A PT vendeu a participação na Vivo por  7,5 mil milhões de euros e vai adquirir uma participação de 22,4% na (concorrente) Oi.

Os Media internacionais referem que a espanhola Telefónica ganhou a “batalha”: “Telefónica Wins Vivo Battle (All Things Digital / Wall Street Journal”).

A verdade é que tudo está bem quando acaba bem. Todos saíram vencedores desta batalha.
O primeiro ministro – José Sócrates – é a nova “Padeira de Aljubarrota” e de facto, “brilhou” com a ajuda das acções douradas e  “capitalizou” em todas as frentes: Opinião pública (eleitores), Empresários, Accionistas e Relações Internacionais políticas e empresariais (os Espanhois ficaram a saber que quem manda cá na terra e os amigos Brasileiros continuam a contar com os Portugueses a dinamizar o negócio das Telecoms).

Henrique Granadeiro classificou, esta quarta-feira, as negociações para a venda da Vivo à Telefónica como «complexas e duras», mas frisou que respeitaram os interesses de todos. (…)
Fonte: TSF

Ninguém tem dúvidas que esta “batalha” foi «dura e complexa», como referiu Henrique Granadeiro.
Para a equipa da PT que esteve envolvida nesta “batalha negocial” vai daqui um “Oi… estás Vivo?” 🙂

Press releases:
PT continua mandatada para crescer

Telefónica logra el control de Vivo tras pactar con Portugal Telecom la compra del 50% de Brasilcel

Author avatar
Nuno Ribeiro
Country Manager da agência de inovação FABERNOVEL. Autor do livro Gerir na Era Digital (2011). Licenciado em Economia pela Universidade Católica de Lisboa, onde também concluiu um curso avançado de Gestão de Empresas Tecnológicas e uma pós-graduação em Gestão de Media e Entretenimento. Diretor a unidade Negócio Multimédia do grupo Controlinveste (2008 a 2012). Diretor da unidade de negócios de Internet do grupo Cofina Media (1999 a 2008). Consultor do secretário de Estado da Comunicação Social para a área digital (1997 a 2002).
We use cookies to give you the best experience.