Voltar ao topo

Lucro da Apple ultrapassa Microsoft

Os resultados da Apple não páram de surpreender trimestre após trimestre. No entanto, a Microsoft consegui até ao último trimestre manter-se com um lucro superior.

Em 1997, a Microsoft ajudou a salvar a Apple da falência com um investimento de 150 milhões de dólares.
Vale a pena (re)ver a apresentação de Steve Jobs e Bill Gates no MacWorld a anunciarem o acordo.

Macworld Boston 1997-The Microsoft Deal
Here we see Steve Jobs & the almost bankrupt at the time Apple Computer making a temporary deal with Bill Gates & Microsoft. The crowd was not too happy about it.

O gráfico abaixo mostra a evolução do lucro de ambas as empresas desde 1993.

Apple’s profits beat Microsoft for the first time in a very long time for the last quarter.

It’s an amazing triumph for a company that was on the brink of death in 1997, and would have been a lost cause if not for the return of Steve Jobs and a $150 million investment from Microsoft.

When Steve Jobs announced that investment on stage a big Apple event, he said, “We have to let go of this notion that for Apple to win Microsoft has to lose.”

It was a prophetic statement, as is evident in the chart below. Microsoft’s profits aren’t collapsing as Apple’s rise. Microsoft’s last quarter was one of its best.

Fonte: Business Insider

Relacionados:
Apple: Think Different – Campanha de reposicionamento da empresa e marca em 1997

Steve Jobs e Bill Gates: Evento da Apple em 1983 e Conferência do Wall Street Journal em 2007

Author avatar
Nuno Ribeiro
Country Manager da agência de inovação FABERNOVEL. Autor do livro Gerir na Era Digital (2011). Licenciado em Economia pela Universidade Católica de Lisboa, onde também concluiu um curso avançado de Gestão de Empresas Tecnológicas e uma pós-graduação em Gestão de Media e Entretenimento. Diretor a unidade Negócio Multimédia do grupo Controlinveste (2008 a 2012). Diretor da unidade de negócios de Internet do grupo Cofina Media (1999 a 2008). Consultor do secretário de Estado da Comunicação Social para a área digital (1997 a 2002).
We use cookies to give you the best experience.