Voltar ao topo

Apple: Steve Jobs deixa o lugar de CEO

jobs_thumb20110204Steve Jobs, fundador da Apple abdicou do lugar de CEO, mas continuará como presidente.
O mercado reagiu à sua saída com uma descida no pré-mercado de 7%.

Tim Cook, é o novo CEO da Apple.
Tim Cook substituiu em todas as baixas médicas Steve Jobs e um claro sinal de que seria o “escolhido” de Steve Jobs. Na carta que enviou ao conselho de administração e à comunidade Apple, Steve Jobs foi claro a sugerir Tim Cook e foi aceite de imediato pelos membros da administração da Apple.
Com Tim Cook no lugar de CEO a Apple fica em “boas mãos”

Esta foi a mensagem que endereçou à administração da Apple e a toda a comunidade da Apple:

To the Apple Board of Directors and the Apple Community:

I have always said if there ever came a day when I could no longer meet my duties and expectations as Apple’s CEO, I would be the first to let you know. Unfortunately, that day has come.

I hereby resign as CEO of Apple. I would like to serve, if the Board sees fit, as Chairman of the Board, director and Apple employee.

As far as my successor goes, I strongly recommend that we execute our succession plan and name Tim Cook as CEO of Apple.

I believe Apple’s brightest and most innovative days are ahead of it. And I look forward to watching and contributing to its success in a new role.

I have made some of the best friends of my life at Apple, and I thank you all for the many years of being able to work alongside you.

Steve

 

Relacionados:
Paixão: O sumo da Maçã invencível

Steve Jobs: Documentário – Game Changers – Bloomberg

Author avatar
Nuno Ribeiro
Country Manager da agência de inovação FABERNOVEL. Autor do livro Gerir na Era Digital (2011). Licenciado em Economia pela Universidade Católica de Lisboa, onde também concluiu um curso avançado de Gestão de Empresas Tecnológicas e uma pós-graduação em Gestão de Media e Entretenimento. Diretor a unidade Negócio Multimédia do grupo Controlinveste (2008 a 2012). Diretor da unidade de negócios de Internet do grupo Cofina Media (1999 a 2008). Consultor do secretário de Estado da Comunicação Social para a área digital (1997 a 2002).
We use cookies to give you the best experience.