Apple: Valorização durante o mandato de Steve Jobs

Já muito se escreveu sobre a Apple, mas depois do anúncio da saída de Steve Jobs do lugar de CEO estou certo que muito mais será escrito e comentado sobre a gestão de Steve Jobs na Apple (e também na Pixar / Disney).

A Apple é já um caso de estudo em termos de gestão, inovação assente na liderança e carisma de Steve Jobs.

Quando Steve Jobs regressou à Apple no final de 1996, a  estava à beira da falência e hoje é a maior empresa de tecnologia do mundo e durante alguns dias ultrapassou a maior empresa do mundo a petrolífera Exxon Mobil em capitalização bolsista (e vai certamente voltar a ultrapassar).

Um dos principais indicadores sobre o crescimento de uma empresa cotada é a sua capitalização bolsista. Durante o mandato de Steve Jobs a Apple passou de 3 mil milhões de dólares em 1996 para 347 mil milhões de dólares (Agosto de 2011).

Veja o gráfico do Business Insider com a evolução da capitalização bolsista e os principais marcos históricos que se reflectiram na valorização da Apple:

chart of the day, apple market cap 1996-2011, aug 2011

Steve Jobs is leaving Apple in considerably better shape than he found it.

When Apple acquired NeXT, and Jobs, for $400 million in December, 1996, Apple’s market cap was $3 billion. Today it’s $347 billion, leaving it just $2 billion short of being the most valuable public company in the world, Exxon.

How did Jobs steer the company away from its crash course with the graveyard? By introducing an unrivaled string of hit products.

Fonte: Business Insider

Relacionados:
Paixão: O sumo da Maçã invencível

Steve Jobs: Documentário – Game Changers – Bloomberg

Tagged with: