Arringntongate: Espisódio 2

Para quem estava a seguir a mais recente Novela de Sillicon Valey: Arringtongate

O último episódio terminou com o protagonista principal – Michael Arrignton, a deixar um ultimato ao AOL no dia 6 de Setembro:

Michael Arringtoncolocou há poucas horas aquele que pode ser o seu último post no TechCrunch com o título “Independência Editorial” onde informa os leitores que propôs ao AOL:

1) Manutenção do TechCrunch no AOL, mas com gestão editorial do Techcrunch independente do Huffington Post, leia-se: “Não quero a Arianna como minha chefe” :-)

2) Vender o TechCrunch aos antigos accionistas (buyback),leia-se: “Ser independente como nos velhos tempos, e devolvo o dinheiro para me ver livre da Arianna” :-)

Como era de esperar e como o próprio Arrington sabia, nenhuma das possibilidades dadas no “ultimato” aconteceu. Arrington deixou fora do ultimato a opção que ele desejava, ou seja, o pagamento antecipado do valor que faltava para os acordados 30 milhões de dólares da venda do blog Techcrunch ao AOL e que foi possivelmente o que aconteceu nos bastidores 🙂

Não há nenhuma informação sobre esta eventual possibilidade… a minha fértil imaginação é que me faz acreditar nesta hipótese. Mas, que a confirmar-se só prova que Michael é para além de um excepcional empreendedor é um brilhante estratega 🙂

Parabéns Michael 🙂

No palco, e para encanto de todos, a novela desenrolou-se assim:

Drama! Depois do ultimato público, de Arrington ao AOL, como anunciar a saída sem ninguém ficar mal na fotografia?
Se nenhuma agência de comunicação ou de gestão de crise ajudou também estou certo, que Arrington desenhou o plano em segundos e nem cobrou pela consultoria 🙂

Ora, em dois passos tudo fica resolvido:

Passo 1) Anuncio de que Arrington deixou o Techcrunch e também o AOL, mas que se manterá no fundo de investimento (causador da polémica novela) – CrunchFund, e do qual o AOL se manterá como accionista.

O AOL fez o comunicado no blog TechCrunch num post com o título: “Deciding” To Move On

AOL has issued the following statement:

“The TechCrunch acquisition has been a success for AOL and for our shareholders, and we are very excited about its future. Michael Arrington, the founder of TechCrunch has decided to move on from TechCrunch and AOL to his newly formed venture fund. Michael is a world-class entrepreneur and we look forward to supporting his new endeavor through our investment in his venture fund. Erick Schonfeld has been named the editor of TechCrunch. TechCrunch will be expanding its editorial leadership in the coming months.”

E enquanto a informação da saída era “digerida” nos Media e no meio empresarial de Sillicon Valley, eis que o “carrocel” dá mais uma “voltinha”:

Screen Shot 2011-09-12 at 12.00Passo 2) Michael Arrington aparece hoje de manhã a abrir a sessão na conferência do TechCrunch – Disrupt, com uma T-Shirt verde (cor do TechCrunch) com a frase “Unpaid Blogger”, ou seja, fazendo a vontade à sua ex-Chefe Arriana Huffington – presidente da AOL -Huffington Post Media Group – que tinha referido que Michael Arrington só poderia continuar no TechCrunch desde que não fosse remunerado 🙂
Como todas as novelas, tudo está bem quando acaba bem 🙂

Mas, com Michael Arrington a manter-se em cena com o CrunchFund e a colaborar com o TechCrunch teremos certamente novas novelas.

Michael: Não desiludas!  Aguardo pelo teu rápido regresso 🙂

Relacionados:

Michael Arrington is back…

Arringtongate: A novela de Sillicon Valley

AOL compra Huffington Post e Michael Arrington promete novela…

AOL comprou o blog TechCrunch

Tagged with: