Pixar: Charlie Rose entrevista John Lasseter [Video]

John Lasseter, é o Pai de cowboy Woody do astronauta Buzz Lightyear e das restantes personagens de Toy Story (1995), Vida de Insecto, Monstros & Companhia, À procura de Nemo, Os Incríveis, Carros, Rataouille, Wall-E, UP e em breve de Brave.

Hoje, Lassater ocupa o cargo de Chief Creative Officer da Pixar e da Walt Disney Animation Studios. Mas as vidas de  John Lassater, Ed Catmull e Alvin Ray Smith mudaram quando se cruzaram com Steve Jobs após a compra a George Lucas do departamento de computação gráfica da Lucasfilm que batizou de Pixar.

Charlie Rose – Bloomberg TV – entrevistou na semana passada Lasseter, o “mágico” da animação. No programa é recordada uma entrevista conjunta a Steve Jobs e John Lassater à 15 anos (1996). Lassater, revelou  (12:48 minutos) que depois de ter terminado esta entrevista Steve Jobs voltou a entrar no estúdio para dizer a Charlie Rose:
Eu sei como salvar a Apple, mas eles não estão a ouvir-me… ainda!

Veja a entrevista integral no site do jornalista Charlie Rose – Clique Aqui

Sobre a Pixar:

Em 1985, Steve Jobs tinha acabado de receber 150 milhões de dólares por acordo de rescisão com a Apple e iniciava o investimento na NeXT. Aconselhado pelo seu amigo Alan Kay (ex-Xerox PARC), foi visitar o departamento de computação gráfica da Lucasfilm.  Depois de goradas as negociações com a Disney e com o empresário Ross Perot, Steve Jobs inicia então negociações com George Lucas e acaba por comprar o departamento de computação gráfica da Lucasfilm por cerca de dez milhões de dólares (inicialmente Lucas pedia trinta milhões de dólares), dando a Alvy e Ed 8% das acções da nova empresa, a que deram o nome de Pixar.

in: Disney, Pixar e Marvel – Cibertransistor.com – 30/10/2009

Author avatar
Nuno Ribeiro
Portugal General Manager da agência de inovação FABERNOVEL. Foi diretor da unidade de negócio multimédia do grupo Global Media (2008 a 2012), diretor da unidade de negócios de Internet do grupo Cofina Media (1999 a 2008) e consultor do secretário de Estado da Comunicação Social para a área digital (1997 a 2002). Em paralelo com a atividade profissional foi docente, coordenador de programas executivos e pós-graduações nas Universidades: Católica-Lisbon, Europeia, ISEG e Lusófona (2001 a 2016). Colaborou com artigos de opinião e comentador, sobre temas de inovação, transformação digital e nova economia nos media: Visão, Diário de Notícias, Meios & Publicidade e Económico TV. 
Autor do livro Gerir na Era Digital (2011). É licenciado em Economia pela Católica-Lisbon, onde também concluiu o curso avançado Gestão de empresas tecnológicas e uma pós-graduação em Media e Entretenimento.
We use cookies to give you the best experience.