Twitter: Valorizado em 12,8 mil milhões de dólares

Com a preparação da entrada em bolsa, o Twitter revelou ontem as suas contas e outras variáveis do seu negócio e mantendo a sua coerência na comunicação este anúncio foi feito através de um Tweet.

E sem surpresas o saldo da operação tem sido negativo… mas, com cerca de 200 milhões de utilizadores ativos por mês , com o mobile a ser um forte impulsionador do crescimento do seu negócio e com a sua crescente importância como plataforma de second screen (TV) o Twitter tem um enorme potencial de crescimento.

A informação divulgada revela, que receitas nos primeiros seis meses de 2013 de 253,6 milhões de dólares que não foram suficientes para o sustentar a operação que apresenta nos primeiros seis meses de 2013 um resultado negativo de 69,3 milhões.

Com o objectivo de captar cerca de mil milhões de dólares na entrada em bolsa (IPO – Initial Public Offer), as ações terão o preço inicial de 20,62 dólares valorizando o Twitter em  12,8 mil milhões de dólares.
A dúvida que podem ter os investidores é na capacidade de aceleração de curto-médio prazo que a equipa de gestão tem para justificar esta valorização…

Comentário no Económico TV Edição das 12 – 14/Outubro/2013

Twitter-IPO-chart-of-the-day-twitter-revenue-losses

Fonte: Business Insider

Relacionados:
– Twitter, a peça do puzzle que falta à Apple

– Twitter aposta na música e pisca o olho à Apple [Video]

Author avatar
Nuno Ribeiro
Portugal General Manager da agência de inovação FABERNOVEL. Foi diretor da unidade de negócio multimédia do grupo Global Media (2008 a 2012), diretor da unidade de negócios de Internet do grupo Cofina Media (1999 a 2008) e consultor do secretário de Estado da Comunicação Social para a área digital (1997 a 2002). Em paralelo com a atividade profissional foi docente, coordenador de programas executivos e pós-graduações nas Universidades: Católica-Lisbon, Europeia, ISEG e Lusófona (2001 a 2016). Colaborou com artigos de opinião e comentador, sobre temas de inovação, transformação digital e nova economia nos media: Visão, Diário de Notícias, Meios & Publicidade e Económico TV. 
Autor do livro Gerir na Era Digital (2011). É licenciado em Economia pela Católica-Lisbon, onde também concluiu o curso avançado Gestão de empresas tecnológicas e uma pós-graduação em Media e Entretenimento.
We use cookies to give you the best experience.