Voltar ao topo

Estados Unidos preparam reforma fiscal

Os E.U.A. estão a preparar reforma fiscal que pode levar ao repatriamento de capital para as empresas norte-americanas.

Hoje, as empresas americanas pagam 35% de imposto pelo regresso de capital aos Estados Unidos, de acordo com alguns rumores esta taxa pode passar para para 10% a 7% provocando um movimento de capital para os Estados Unidos.

Tim Cook – CEO da Apple, depôs no Senado (em 2013), e explicou o modelo de optimização fiscal e deixou claro que uma descida desta taxa seria um incentivo ao investimento no país.

A acontecer, será um facto económico importantíssimo, o equivalente a uma injeção de capital na economia americana e uma saída de capital de diversas economias, entre as quais Europeias…

Como consequência, algumas empresas poderão aumentar a distribuição de dividendos, compra de ações próprias e movimentos de aquisição e fusão.

Nas tecnológicas, em particular dentro de poucos meses teremos empresas relevantes a fazerem spin-offs como é o caso do eBay/PayPal e HP que poderão ser alvo de compra por algumas “gigantes”.

Comentário na Edição das 12 do Económico TV:

Author avatar
Nuno Ribeiro
Country Manager da agência de inovação FABERNOVEL. Autor do livro Gerir na Era Digital (2011). Licenciado em Economia pela Universidade Católica de Lisboa, onde também concluiu um curso avançado de Gestão de Empresas Tecnológicas e uma pós-graduação em Gestão de Media e Entretenimento. Diretor a unidade Negócio Multimédia do grupo Controlinveste (2008 a 2012). Diretor da unidade de negócios de Internet do grupo Cofina Media (1999 a 2008). Consultor do secretário de Estado da Comunicação Social para a área digital (1997 a 2002).
We use cookies to give you the best experience.