Apple prepara-se para revolucionar pagamentos P2P?

  • Ao que tudo indica, a Apple planeia criar um serviço de transferência de dinheiro entre utilizadores.
  • Ao concretizar-se, porque é que poderá ser uma ameaça para os players fintech?

A Apple prepara-se, ao que tudo indica, para lançar o seu próprio serviço de transferência de dinheiro entre utilizadores, integrado no Apple Pay. Um cartão de débito digital poderá vir a ser o alicerce do serviço, permitindo aos utilizadores receber dinheiro e fazer compras de forma instantânea (sem ter de esperar que o dinheiro esteja disponível na conta bancária).

Esta pode ser uma ameaça para os players fintech que oferecem serviços de pagamentos peer-to-peer, tais como a Venmo (subsidiária do PayPal), Square Cash ou a Zelle.

Porquê? A Apple pode beneficiar do ecossistema: este serviço de pagamentos peer-to-peer poderá oferecer uma experiência mais fluída, com a integração da assistente virtual Siri e dispensando a necessidade de os utilizadores possuirem outra App para fazer a transferência – da mesma forma que o iMessage simplifica a comunicação entre utilizadores de produtos da Apple.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Através do iMessage, a empresa planeia permitir o envio de dinheiro numa mensagem de texto, tal como acontece no Facebook Messenger ou noutras Apps de messaging, como o WeChat. O Square Cash, por exemplo, permite enviar dinheiro através do iMessage, mas a Apple poderá vir a refinar a experiência de utilização.

Além disso, ao concretizar-se, é expectável que este seja um impulso ao Apple Pay, se a empresa permitir que outras Apps tirem vantagem deste sistema (através de uma API).

Já não é a primeira vez que se especula sobre o lançamento de um serviço de pagamentos peer-to-peer da Apple, em 2015, a empresa esteve em conversações com bancos para a criação deste funcionalidade. No entanto, a Apple é conhecida por só lançar um produto/serviço quando este está preparado para o mercado e quando o mercado está preparado para o produto/serviço.

Tagged with: