Google investe na plataforma de e-commerce JD.com

  • A Google investiu 550 milhões de dólares na segunda maior plataforma de e-commerce chinesa, a JD.com.
  • A Google tem-se aliado aos retalhistas tradicionais para se posicionar como um player no mercado de e-commerce global e ‘enfrentar’ a Amazon.

 

A Google fez um investimento estratégico de 550 milhões de dólares na segunda maior plataforma de e-commerce na China, a JD.com, através do qual os produtos da JD vão passar a ser vendidos no Google Shopping em várias partes do mundo.

A parceria faz parte da visão de longo-prazo que da Google para conquistar uma fatia do mercado global de e-commerce e ‘proteger’ o seu negócio de publicidade digital.

Através da JD, a Google junta-se a um parceiro com experiência na gestão de uma rede de fulfillment e logística (que a Amazon possui e também tem uma grande experiência na sua gestão) e dá sinais de que está disposta a colaborar com empresas chinesas, para apoia-las numa expansão internacional.

As duas empresas vão focar-se no Sudeste Asiático, nos Estados Unidos e Europa. Esta parceria pode ser particularmente relevante, uma vez que a Ásia-Pacífico é um dos maiores mercados mundiais de e-commerce e está entre os que apresentam um crescimento mais veloz. Estima-se que os consumidores despendam 88,1 mil milhões de dólares online em 2025.

A estratégia da Google passa por aliar-se aos retalhistas tradicionais, focando-se em controlar o contacto com o consumidor: recentemente, criou parcerias com a Walmart, nos Estados Unidos, e com o Carrefour, em França.

Para além de tentar (re)conquistar a liderança nas pesquisas de produtos, potenciando as pesquisas por voz através da Google Assistant, a Google pode recolher mais dados sobre os hábitos de compra e assim impulsionar o negócio de publicidade digital (onde a Amazon tem vindo a crescer).

 


Se a transformação na indústria de retalho é importante para a sua empresa, contacte a FABERNOVEL INNOVATE:

 

 

 

 

 

Tagged with: