Volkswagen cria sistema operativo automóvel

  • A Volkswagen vai desenvolver um sistema operativo para os seus automóveis.
  • O fabricante está a criar formas de transformar a relação com o automóvel para manter-se relevante no ecossistema da mobilidade.

 

A Volkswagen está a criar um sistema operativo para conectar automóveis a clientes e transformar-se numa empresa de software e de serviços de mobilidade. O vw.OS  vai ser integrado nos automóveis elétricos da marca a partir de 2020 e faz parte de um investimento de 3,5 mil milhões de euros para promover a sua transformação digital.

Ao tornar os seus automóveis conectados e fornecer updates wireless de software, a VW está a criar argumentos para manter-se relevante e competitiva com novos fabricantes, como é o caso da TESLA.

O facto de desenvolver um sistema operativo in-house pode reduzir a dependência das tecnológicas (incluindo a Apple e a Google) e será interessante perceber que tipo de parcerias irá fazer, no futuro, em relação a mapas e serviços de streaming de música (Spotify, Google?), por exemplo.

Os fabricantes automóveis estão (finalmente) a perceber que não chega só ter motores elétricos e estão criar formas de transformar completamente a relação com o automóvel. Desta forma, é possível garantir uma personalização em massa de novos serviços e acrescentar e melhorar permanentemente o valor de utilidade ao automóvel.

Através de uma nova plataforma cloud, a Volkswagen pretende oferecer diferentes serviços de mobilidade, dentro do seu ecossistema “We”, incluindo park-sharing (We Park), entrega de encomendas no porta-bagagem (We Deliver) e car-sharing (We Share). A empresa espera gerar mil milhões de dólares, em 2025, através destes serviços.


A transformação na indústria automóvel é importante para a sua empresa? Contacte a FABERNOVEL INNOVATE:

Tagged with: