Iron Ox: agricultura automatizada

  • A Iron Ox está a automatizar todo o processo de produção agrícola.
  • A tecnologia da startup permite-lhe reduzir custos operacionais, acelerar o processo de produção e aproximar a produção dos pontos de venda.

 

A Iron Ox está a automatizar todo o processo de cultivo de alimentos (plantação, colheita e embalamento) para acelerar o processo de produção e “aproximar” os alimentos dos pontos de venda. O investimento na automatização pode ajudar a startup a criar diferenciação em relação aos concorrentes, reduzir custos e maximizar a eficiência da operação.

Um dos pontos diferenciadores da Iron Ox é o facto de desenvolver o seu próprio software in-house. A empresa criou robôs que monitorizam com precisão o desenvolvimento dos alimentos e determinam, automaticamente, quanto deve ser feita a colheita. Através de algoritmos de inteligência artificial, é detetada também, instantaneamente, a fonte de potenciais contaminações.

A startup cultiva os alimentos através de hidroponia (produção sem solo), num sistema que permite utilizar menos 90% de água, comparando com uma quinta exterior. Desta forma, é capaz de produzir 30 vezes mais por hectare do que uma quinta exterior tradicional.

O modelo de negócio centra-se na produção e venda dos alimentos a restaurantes e supermercados. Através da criação de uma rede de quintas interiores, a startup consegue aproximar o local de produção do ponto de venda dos produtos, podendo assim reduzir custos de distribuição e fornecer alimentos com qualidade superior.

A Iron Ox foi criada em 2015 e captou um investimento total de 6,1 milhões de dólares. O grupo de investidores inclui a Y Combinator, a Eniac Ventures, a Amplify Partners.


A transformação na agricultura é importante para a sua empresa? Contacte a FABERNOVEL:

Tagged with: