Curiosidade: Em ’95, Jeff Bezos fazia reuniões da Amazon numa livraria da Barnes & Noble. Em 2019, a sua fortuna é 170 vezes superior ao valor de aquisição da Barnes & Noble.