Findster, um wearable para animais de estimação

  • A startup portuguesa Findster criou um wearable que funciona como um GPS para saber a localização de animais de estimação e também acompanhar a atividade física.
  • Através da App, é possível aceder a um serviço de subscrição que dá acesso, 24 horas por dia, a uma equipa de veterinários.

Subscreva o nosso podcast em:
Apple Podcasts | Spotify | Google Podcasts | TuneIn

A startup portuguesa Findster criou um wearable que funciona como um GPS para saber a localização de animais de estimação e também acompanhar a atividade física.

Este sensor, que é colocado na coleira, está conectado ao smartphone e envia uma notificação sempre que, durante um passeio, o animal ultrapassa a distância de segurança definida pelo seu dono.

Outra funcionalidade é poder acompanhar o nível de atividade física e verificar se está de acordo com as necessidades diárias do animal.

A aplicação inclui também um modo de competição que mostra a classificação dos animais em diferentes categorias, incluindo, por exemplo, as distâncias percorridas, atribuindo distinções quando são cumpridos objetivos.

O sensor tem um custo de 150 euros e pode ser adquirido em findster.com.

A startup disponibiliza um serviço de subscrição, o Findster Care, que pelo preço de 4 euros por mês, dá acesso, 24 horas por dia, a uma equipa de veterinários disponíveis na aplicação.

Desde 2015, a Findster já captou mais de 2 milhões de euros, apostando fortemente no mercado americano.

 


Se a indústria de objetos conectados é importante para a sua empresa, contacte a FABERNOVEL: