Cientistas criam “nariz” artificial para detetar doenças

  • Cientistas da Universidade de Tóquio estão a criar um “nariz” artificial, utilizando recetores de odor de mosquitos que têm uma grande sensibilidade olfativa.
  • O objetivo é utilizar este “nariz” artificial como um método portátil e acessível para diagnosticar doenças numa fase inicial, como o cancro, que provoca alterações nos odores corporais.

Subscreva o nosso podcast em:
Apple Podcasts | Spotify | Google Podcasts | TuneIn

Os humanos conseguem detetar cerca de 1 bilião de odores, mas ainda estamos longe de ter um super olfato. Cientistas do Laboratório de Sistemas Biohíbridos da Universidade de Tóquio estão a criar um “nariz” artificial, utilizando recetores de odor dos mosquitos que provocam a Febre Amarela e que têm uma grande sensibilidade olfativa. 

Através de um chip, onde foram colocados químicos e componentes biológicos destes mosquitos, torna-se possível aumentar a detecção de odores com uma precisão sem precedentes. A expectativa é que estes sensores biohíbridos permitam que um único chip detete mais de um trilião de odores.

E porquê tudo isto? O objetivo é utilizar este “nariz” artificial como um método portátil e acessível para diagnosticar doenças numa fase inicial, como o cancro, que provoca alterações nos odores corporais. 

Por exemplo, com uma precisão de 90%, o chip foi capaz de identificar octanol através da respiração, que é um biomarcador para a deteção de cancro do fígado.

Esta inovação pode ser explorada para várias utilizações, como analisar áreas contaminadas e identificar químicos tóxicos.

 


Se a transformação na indústria de saúde é importante para a sua empresa, contacte a FABERNOVEL:

    Author avatar
    FABERNOVEL
    A FABERNOVEL é uma agência de inovação nativa digital que ajuda as grandes organizações a construir o futuro das suas indústrias, à velocidade das startups. Com uma abordagem centrada no utilizador, acompanhamos a concepção, a prototipagem e o teste de produtos e serviços inéditos, bem como na implementação de estratégias inovadoras, novos modelos de negócio, novas experiências físicas e digitais. Com escritórios em: Paris, Lisboa (Estoril), São Francisco, Shanghai, Singapura, Casablanca e Beirute.
    We use cookies to give you the best experience.