Natural Fiber Welding: têxteis e couro de origem vegetal

  • A Natural Fiber Welding criou uma alternativa de origem vegetal ao couro, que pode ser utilizado não só em vestuário e acessórios de moda. 
  • A startup patenteou também uma solução para manipular fibras naturais e transformá-las em tecidos. 

Pode seguir o SuperToast em vídeo no: YouTube | Apple Podcasts | Facebook | Instagram | LinkedIn | TikTok


“Está na hora de ultrapassar o plástico”. Esta foi uma das grandes motivações por detrás da criação da Natural Fiber Welding, uma startup americana que desenvolve materiais 100% biodegradáveis para a indústria da moda. Todos eles criados a partir de plantas. 

Um dos produtos oferecidos é uma alternativa de origem vegetal ao couro, que pode ser utilizado não só em vestuário e acessórios de moda, como também, por exemplo, em estofos de carros.  

A Natural Fiber Welding desenvolveu também uma solução já patenteada que permite manipular fibras naturais,  como o algodão e a lã, e transformá-las em tecidos de elevada qualidade, incentivando, assim, a substituição das fibras sintéticas, como é o caso do poliéster e do nylon. 

A marca americana Ralph Lauren é um dos clientes da Natural Fiber e já produziu um polo com estas fibras naturais. 

Fazendo uma clara aposta na economia circular para responder a uma das maiores fontes de poluição do planeta, neste momento, a Natural Fiber Welding tem uma fábrica em Illinois, nos Estados Unidos. 

Desde que foi fundada em 2015, já captou 35 milhões de dólares de investidores como a Allbirds, o iVentures da BMW, a Ralph Lauren e o grupo Richemont.

Subscreva o nosso podcast em:
Apple Podcasts | Spotify | Google Podcasts | TuneIn

Veja as mais recentes novidades nos nossos media sociais:
facebook twitter instagram youtube linkedin telegram

author

A Instinct to Innovate é uma agência de inovação nativa digital que ajuda as grandes organizações a construir o futuro das suas indústrias, à velocidade das startups. Com uma abordagem centrada no utilizador, acompanhamos a concepção, a prototipagem e o teste de produtos e serviços inéditos, bem como na implementação de estratégias inovadoras, novos modelos de negócio, novas experiências físicas e digitais.