• Uma equipa de investigadores desenvolveu um chip que é capaz de armazenar energia solar durante 18 anos. 
  • Este chip ultra-fino pode ser colocado em smartphones, smartwatches ou auscultadores para permitir o seu carregamento.

Os equipamentos de eletrónica alimentados por energia solar podem estar mais perto de se tornar uma realidade no nosso dia a dia. Uma equipa de investigadores da Chalmers University of Technology, na Suécia, desenvolveu um chip que é capaz de armazenar energia solar durante 18 anos. 

Este chip é ultra-fino, o que permite que seja facilmente colocado em smartphones, smartwatches ou auscultadores.

O sistema funciona através de uma molécula (de carbono, hidrogénio e nitrogénio), especialmente concebida para absorver a energia solar. Esta molécula muda de forma quando entra em contacto com a luz solar, permitindo que seja armazenada em líquido.

Quando é necessário, um catalisador liberta a energia armazenada sob a forma de calor no chip e um pequeno gerador converte essa energia em eletricidade para os dispositivos. 

Para testar o sistema, os investigadores carregaram um chip através de energia solar na Suécia e enviaram-no para os parceiros de investigação na Universidade Jiao Tong em Xangai, na China, onde a energia foi convertida em eletricidade.  

O desafio agora para concretizar este conceito inovador é aumentar a quantidade de energia que pode ser extraída do chip.