AT&T: 864 mil novos clientes à “boleia” do iPhone

A AT&T (operadora de telecomunicações americana), tem o exclusivo do iPhone no mercado norte americano, divulgou os resultados do trimestre onde apresentou crescimento nas receitas e no lucro. Boa parte destas receitas e lucro, foram geradas pela 3,2 milhões de activações do iPhone da Apple das quais 864 mil se referem a novos clientes.

Mesmo, para o gigantesco mercado americano mais 864 mil clientes são um valor muito significativo.

Estou certo, que Steve Jobs vai utilizar este argumento na renegociação de contrato com a AT&T ou na negociação com a Verizon que segundo alguns rumores vai disponibilizar o iPhone a partir de Janeiro.

AT&T Reports 3.2 Million iPhone Activations In Q2 2010 AT&T released its second quarter earnings earlier this morning, reporting an increase in consolidated revenues and improved margins. What caught my eye is this little nugget of information: the carrier activated 3.2 million iPhones last quarter, a record for the company. Approximately 27 percent of those activations were for customers who were new to AT&T, the company added in the statement. Last Monday, Apple reported earnings for the qu … Read More

via TechCrunch

Author avatar
Nuno Ribeiro
Portugal General Manager da agência de inovação FABERNOVEL. Foi diretor da unidade de negócio multimédia do grupo Global Media (2008 a 2012), diretor da unidade de negócios de Internet do grupo Cofina Media (1999 a 2008) e consultor do secretário de Estado da Comunicação Social para a área digital (1997 a 2002). Em paralelo com a atividade profissional foi docente, coordenador de programas executivos e pós-graduações nas Universidades: Católica-Lisbon, Europeia, ISEG e Lusófona (2001 a 2016). Colaborou com artigos de opinião e comentador, sobre temas de inovação, transformação digital e nova economia nos media: Visão, Diário de Notícias, Meios & Publicidade e Económico TV. 
Autor do livro Gerir na Era Digital (2011). É licenciado em Economia pela Católica-Lisbon, onde também concluiu o curso avançado Gestão de empresas tecnológicas e uma pós-graduação em Media e Entretenimento.
We use cookies to give you the best experience.