Microsoft: Resultados do trimestre com crescimento de 51% nos lucros

A Microsoft (NASDAQ: MSFT) apresentou os resultados do último trimestre (primeiro do ano fiscal de 2011). As receitas cresceram 25% (face ao mesmo período homólogo) atingindo o valor de 16,2 mil milhões de dólares, a margem operacional líquida aumentou em mais 51% para o valor de 5,41 mil milhões de dólares e os ganhos por acção mais 55% para os 0,62 dólares (todos os indicadores acima das expectativas dos analistas). Steve Ballmer – CEO da Microsoft – tem motivos para festejar e adorar a Microsoft.

Veja o video onde Steve Ballmer demonstra de forma genuína todo o entusiasmo e paixão que tem pela Microsoft 🙂

Depois da Apple ter ultrapassado em Maio o valor de capitalização bolsista da Microsoft, Steve Ballmer disse que o que interessava era quem facturava mais e quem lucrava mais.

I will make more profits and certainly there is no technology company in the planet which is as profitable as we are.

Steve Ballmer – Via: The Independent – 28/Maio/2010

A partir daí, os analistas estavam à espera do trimestre em que as receitas da Apple ultrapassassem as da Microsoft tal como aconteceu no último trimestre com as receitas da Apple a ultrapassarem os 20,3 mil milhões de dólares. Mas, os lucros da Microsoft (5,41 mil milhões dólares) continuam acima do lucro trimestral da Apple (4,3 mil milhões de dólares).

chart of the day, microsoft vs apple, revenue, income, oct 2010

Here’s another impressive milestone for Steve Jobs’ resurrection of Apple. For the first time in 14 years, Apple’s revenue was greater than Microsoft.

For now, Apple’s profit is still $1.1 billion shy of Microsoft. But, it’s not hard to envision a time in the near future when that changes too.

Fonte: Business Insider

Na análise dos resultados do ano fiscal de cada uma das empresas, a Apple facturou 65,2 mil milhões de dólares mais do que os 62,4 mil milhões do que a Microsoft.  Em relação ao lucro, a Microsoft conseguiu 18,76 mil milhões de dólares e a Apple ficou nos 15,41 mil milhões.

A única conclusão que é possível retirar é que a Apple e Microsoft estão neste momento com estratégias e abordagens de mercado distintas e ambas apresentam resultados financeiros interessantes.

Será que no trimestre corrente, a Apple vai conseguir manter as receitas acima da Microsoft?
E ultrapassar o valor dos lucros?

Tagged with: