Voltar ao topo

EUA: iOS cresce 65% e Android decresce 22%

A quota de mercado do iOS (iPhone, iPad e iPod Touch), da Apple aumentou a sua quota de mercado no segmento de smartphone nos Estados Unidos nos meses de Outubro e Novembro, face ao trimestre anterior em 65%  enquanto que o Android da Google cerca de 22%.

Esta subida do iOS foi influenciada pelo lançamento do iPhone 4S que foi disponibilizado nos Estados Unidos principais mercados mundiais a 14 de Outubro.

Neste estudo de mercado ainda não está reflectido o mês de Dezembro, mês decisivo na contabilidade do último trimestre devido ao fator Natal.

Todos os restantes players neste segmento de mercado, continuam a perder quota e com valores cada vez menos espressivos quando comparado com o iOS e Android.

smrtphones

Stunning data from NPD: Apple’s iPhone sales nearly matched Android sales in October and November in the U.S.

As you can see Android has 47% of the market compared to Apple’s 43%. That is a dramatic change from the third quarter when Android had 60% of the market to Apple’s 26%.

Of course, in the third quarter, consumers were waiting for a new iPhone. After Apple released the iPhone 4S, people went nuts buying iPhone 4Ss, helping Apple narrow the gap.

Another thing to note: Analysts have believed that Verizon customers have been waiting on a new iPhone since February. Many skipped buying an iPhone 4 on Verizon under the assumption that Apple was about to release a new iPhone that made the iPhone 4 look old.

Once Apple released its latest and greatest phone on Verizon, Sprint, and AT&T, it gave Apple a more level playing field in the U.S. from a market share perspective.

Unless Android phones sold like crazy in December, Apple could have finally made a significant dent in Android’s skyrocketing market share.

Fonte: Business Insider

Author avatar
Nuno Ribeiro
Country Manager da agência de inovação FABERNOVEL. Autor do livro Gerir na Era Digital (2011). Licenciado em Economia pela Universidade Católica de Lisboa, onde também concluiu um curso avançado de Gestão de Empresas Tecnológicas e uma pós-graduação em Gestão de Media e Entretenimento. Diretor a unidade Negócio Multimédia do grupo Controlinveste (2008 a 2012). Diretor da unidade de negócios de Internet do grupo Cofina Media (1999 a 2008). Consultor do secretário de Estado da Comunicação Social para a área digital (1997 a 2002).
We use cookies to give you the best experience.