Scroll to top

DESTAQUES GAFANOMICS® [26/MAI/2017]

joachim_renaudin

Por: Joachim Renaudin, analista de projetos na FABERNOVEL INNOVATE Paris


“Destaques GAFAnomics®” é uma compilação dos artigos mais importantes partilhados internamente pela equipa da FABERNOVEL. Aqui, encontrará a sua “torrada de inovação” sobre as últimas novidades da Network Economy. 

Facebook multado pela Comissão Europeia

WhatsApp_FBA Comissão Europeia impôs uma multa de 122 milhões de dólares ao Facebook. Um valor recorde. Segundo a Comissão, quando o Facebook adquiriu o WhatsApp afirmou que não iria fazer o cruzamento de identidades entre as duas redes sociais. Dois anos depois, em 2016, o WhatsApp alterou os termos de utilização, tornando possível o cruzamento de dados entre as duas plataformas. Os reguladores acreditam que o Facebook ludibriou a Comissão com o objetivo de que esta não travasse a fusão das duas redes sociais.

Na nova economia, as regras de competição estão a mudar à medida que os monopólios aproveitam a sua condição de gigantes para recolher dados. Aparentemente, a política de antitrust da Europa não está disposta a permitir que os monopólios globais abusem da sua posição dominante.

 

Empresas privadas estão a construir o futuro

GAFAMO valor investido em Investigação & Desenvolvimento por cinco gigantes tecnológicas (Facebook, Apple, Alphabet, Amazon, Microsoft) supera o orçamento total do Estado Norte-Americano destinado à investigação em todos os campos científicos (excepto a defesa). Na área de inteligência artificial, a investigação pública está muito longe do investimento feito por estas empresas.

Por um lado, é fantástico ver o progresso dos GAFA na inteligência artificial, que irá conduzir a grandes melhorias nas nossas vidas e no âmbito dos produtos que compramos (assistentes virtuais, realidade aumentada). Mas, por outro lado, estamos a deixar o futuro do mundo nas mãos de empresas privadas que estão focadas em dar um “destino” comercial à investigação que estão a conduzir. Se a Google ou a Amazon são as primeiras a desenvolver uma inteligência artificial poderosa, serão estas empresas que irão decidir onde a implementar e se irá beneficiar todos os indivíduos da sociedade.

Amazon investe nos programadores

amazon-echoA Amazon anunciou que vai pagar aos programadores que criarem as melhores funcionalidades para a assistente virtual Alexa, integrada nos dispositivos Amazon Echo. Esta é a primeira vez que a Amazon investe diretamente na comunidade de programadores, desde o lançamento do Echo. Tal como a Apple e a Google, que estão a dar especial atenção aos programadores, a Amazon quer construir o maior ecossistema, de forma a proporcionar as melhores funcionalidades e atrair novos clientes para a plataforma Alexa.

Serão as assistentes virtuais a próxima grande plataforma? Podem apostar!… diz a Amazon.

Uber: preços de acordo com o que o cliente “pode” pagar

uberA Uber revelou a sua nova estratégia relativa às tarifas, que esteve em fase de teste em alguns cidades nos Estados Unidos. A empresa, que calcula o preço das viagens com base na duração, distância e procura, adicionou um novo fator: previsão daquilo que os clientes terão capacidade para pagar. Consoante o comportamento ou os locais para onde os utilizadores se deslocam (zonas mais ricas ou desfavorecidas), a Uber poderá cobrar mais – ou menos -, quer se utilize o serviço UberX ou UberPOOL. Para tal, é utilizado um algoritmo de machine learning que ajusta, permanentemente, o preço, de forma a maximizar a utilização e receitas da Uber.

A Uber diz que usa a “engenharia financeira como uma vantagem competitiva”, eu chamo-lhe discriminação económica.

 

Author avatar
FABERNOVEL
A FABERNOVEL é um novo tipo de empresa que promove a inovação e o human-centered design na era digital, para ajudar as grandes empresas a desenvolverem o seu negócio à velocidade de uma startup.
We use cookies to give you the best experience.