Dyson: de aspiradores a veículos elétricos

  • A Dyson, fabricante de aspiradores e secadores de cabelo, está a promover a sua transição para uma fabricante de veículos elétricos.
  • Será que a Dyson vai fazer destes veículos a sua principal fonte de receita?

A Dyson, fabricante de aspiradores e secadores de cabelo, vai investir 2 mil milhões de libras no fabrico de um automóvel elétrico e em tecnologia para baterias. Esta nova visão reflete um reposicionamento da empresa, que está a expandir o seu modelo de negócio e a promover uma transição para uma fabricante de veículos elétricos.

Nesta entrada na indústria automóvel, a empresa está a tentar ganhar vantagem competitiva ao inovar ao nível da tecnologia para baterias. Ao invés de utilizar baterias de iões de lítio, as mais utilizadas no mercado, incluindo nos Tesla, a Dyson está a apostar no desenvolvimento de baterias de estado sólido. Entre as aquisições estratégicas para fazer este shift está a compra da startup Sakti3, por 90 milhões de dólares.

Tal como no passado com os aspiradores em que conseguiu penetrar num mercado competitivo, a Dyson está tentar fazer o mesmo na indústria automóvel. Mas será possível fazer deste um novo core business sustentável? O certo é que este resposicionamento exige um investimento avultado.

O novo automóvel, a ser lançado em 2020, será o primeiro numa linha de veículos que empresa planeia lançar e tornar na sua principal fonte de receitas.

 

Author avatar
FABERNOVEL
A FABERNOVEL é uma agência de inovação nativa digital que ajuda as grandes organizações a construir o futuro das suas indústrias, à velocidade das startups. Com uma abordagem centrada no utilizador, acompanhamos a concepção, a prototipagem e o teste de produtos e serviços inéditos, bem como na implementação de estratégias inovadoras, novos modelos de negócio, novas experiências físicas e digitais. Com escritórios em: Paris, Lisboa (Estoril), São Francisco, Shanghai, Singapura, Casablanca e Beirute.
We use cookies to give you the best experience.