Airbnb vai desenvolver “Hotel”

  • O Airbnb está a entrar de forma mais direta no setor imobiliário.
  • O novo edifício com a marca Airbnb terá uma oferta de serviços semelhante à dos hotéis.

O Airbnb está a entrar de forma mais direta na indústria do imobiliário. A empresa está a trabalhar com o Newgard Development Group no desenvolvimento de um complexo com 324 apartamentos com a sua marca, mas que pertencerá ao Newgard. Os proprietários vão ser encorajados a arrendar os apartamentos online e os inquilinos vão ter acesso a serviços semelhantes aos dos hotéis.

O primeiro edifício fruto da parceria vai chamar-se Niido Powered by Airbnb, dispensará chaves para entrar, vai oferecer serviços de concierge on-demand, tais como de limpeza e arrumação de bagagens e os apartamentos só vão poder ser arrendados através da plataforma do Airbnb.

O Airbnb vai poder construir um edifício à medida, que vai ao encontro das necessidades dos seus clientes, mas do qual o AirBnB não é proprietário. No entanto, esta não deixa de ser uma entrada mais direta no setor imobiliário, depois de, no ano passado, ter reforçado a  sua “afronta” à indústria do turismo. A empresa expandiu consideravelmente a sua oferta, fazendo a transição de um website de reserva de alojamentos para uma plataforma que inclui recomendações de residentes locais, reservas de voos e restaurantes ou a possibilidade de compra de vários tipos de experiências.

Será que Niido Powered by Airbnb é o ponto de partida para uma futura posse de imóveis? Será que vai seguir o mesmo caminho de outras gigantes digitais, como a Amazon, que, para dominar completamente no online, está a criar novas lojas físicas e uma grande infraestrutura física?

O Airbnb já fez uma pequena entrada no mundo “físico” com o lançamento de um centro comunitário numa vila japonesa, cujos quartos podem ser arrendados a viajantes, mas que também serve como ponto de encontro de turistas e locais.

House Vision 2 exhibition

Tagged with: