DESTAQUES GAFANOMICS® [20/OUT/2017]

#ancora1 #ancora2#ancora3

joachim_renaudin

Por: Joachim Renaudin, analista de projetos na FABERNOVEL INNOVATE Paris

“Destaques GAFAnomics®” é uma compilação dos artigos mais importantes partilhados internamente pela equipa da FABERNOVEL.

 

Airbnb constrói edifício com 324 apartamentos

airbnb-apartmentosO Airbnb vai conceber um complexo com 324 apartamentos, em parceria com um promotor imobiliário de Miami. Os apartamentos dispensam chave para entrar, incluem espaços comuns e têm como principal finalidade ser arrendados no Airbnb.

Através de uma app, os arrendatários vão poder gerir as estadias e reservar serviços extra (check-in, limpeza…). As receitas vão ser repartidas entre os senhorios e arrendatários, que irão encaixar 75% do montante total.

O Airbnb foi criado como uma plataforma dedicada a orquestrar uma rede privada de habitações e viajantes, o que lhe permitiu crescer extremamente rápido. Agora que atingiu uma escala considerável, está a co-construir apartamentos para melhorar a experiência e, ao mesmo tempo, captar mais receitas por cada apartamento disponibilizado na sua plataforma.

Facebook adicionou encomenda de refeições

FBorder.0O Facebook anunciou o lançamento de uma nova funcionalidade para a encomenda refeições. Após permitir a pesquisa por restaurantes locais e obter recomendações de amigos, a rede social vai, agora, mais longe ao entrar no mercado competitivo da encomenda de refeições online.

O Facebook terá como parceiros serviços como o EatStreet, Delivery.com e cadeias de restaurantes como o Five Guys e Papa John’s.

Este é outro exemplo de como o Facebook está a tentar tornar-se numa meta plataforma que orquestra tudo o que fazemos online. Tal como o WeChat na China, o Facebook explora o contacto que tem com os consumidores para agregar novos serviços à sua plataforma de distribuição. A sua base de 2 mil milhões de utilizadores, permite-lhe entrar em praticamente qualquer negócio destinado aos consumidores ao adicionar fornecedores à sua plataforma e lançar uma simples funcionalidade.

Alguns milhares de dólares podem alterar resultados de eleições

Fb-eleicoesDe acordo com a agência de media Mediassociates, um baixo investimento em publicidade no FACEBOOK seria o suficiente para alterar os resultados no Estado de Michigan, nas eleições presidenciais de 2016 nos Estados Unidos.

O Facebook descobriu que um grupo de russos investiu 100 mil dólares em publicidade para influenciar o resultado da eleição em Michigan, na qual Donald Trump venceu por 10.700 votos.

As ferramentas de segmentação de publicidade do Facebook tornaram-se tão poderosas, dado o seu alcance e precisão, que permitem a qualquer um influenciar uma eleição com algumas centenas de milhares de dólares.

Tal levanta questões relativas ao controlo de conteúdos e anúncios publicados na plataforma. Hoje, o Facebook atingiu uma escala tão grande e tornou-se uma necessidade da vida contemporânea que alguns defendem que a rede deve ser considerada uma utility pública e pagar impostos como tal.

UberEATS não pára de crescer

uber-eatsSe consigo disponibilizar um carro em menos de 5 minutos, consigo disponibilizar qualquer coisa em menos de 5 minutos“. Foi desta forma que Travis Kalanick justificou o  lançamento da UberEATS, uma app que permite a encomenda de refeições, em 2014. Passados 3 anos, o serviço apresentou uma trajetória de crescimento impressionante: este serviço deverá atingir os 3 mil milhões em volume de vendas este ano.

Hoje, o UberEATS vai muito para além de um negócio paralelo, já está disponível em 108 cidades e a empresa planeia duplicar este número no final do ano.

Apesar de todo o ruído e rumores em torno da gigante dos transportes, a UberEATS continua a crescer e parece manter-se à margem dos escândalos. Ainda assim, este é um mercado competitivo para a Uber. Vários especialistas na distribuição de refeições têm captado centenas de milhões em investimento (Deliveroo, Delivery Hero) e gigantes tecnológicas como o Facebook estão a entrar neste mercado como intermediários.

Tagged with: