Mercedes investe em inteligência artificial

  • A Mercedes criou a sua própria assistente virtual para integração nos seus automóveis.

A Mercedes percebeu que a mobilidade está a entrar numa nova Era. Para além de estar a aumentar a sua oferta de serviços de mobilidade, está também a desenvolver tecnologia in-house para uma experiência user-centric nos seus automóveis (Mercedes-Benz User Experience).

O fabricante de automóveis desenvolveu um novo sistema de infotainment que aprende os hábitos de cada utilizador, para oferecer uma experiência personalizada, graças à inteligência artificial. Como parte desta visão, a Mercedes criou a sua própria assistente virtual, permite updates wireless de software e integrou tecnologia de realidade aumentada no cockpit.

Esta integração de inteligência artificial nos automóveis é incontornável se a Mercedes quiser manter-se relevante no ecossistema automóvel do futuro.


“Corrida” à integração da voz no automóvel 

Na “corrida” à voz dentro do automóvel, os fabricantes automóveis estão a seguir dois caminhos distintos. Enquanto a Mercedes está a mostrar que quer seguir um caminho próprio ao criar a sua própria assistente virtual, outros fabricantes, como a Toyota e a Lexus ou a Nissan, estão a optar por integrar as assistentes virtuais da Amazon e da Google nos seus automóveis.

Através das suas smart speakers, a Amazon e a Google estão a criar hubs na habitação e a expandir consideravelmente a presença das suas assistentes virtuais. Será que os utilizadores vão preferir interagir no automóvel com a mesma assistente que têm nas suas casas e smartphones ou com uma nova assistente virtual?


Se a transformação na indústria da mobilidade e transportes é importante para a sua empresa, contacte a FABERNOVEL INNOVATE:

Tagged with: