Uber vai lançar serviço de recrutamento on-demand

  • A Uber está a testar um serviço on-demand que liga empresas a staff para a realização de trabalhos temporários.
  • O Uber Works pode significar uma expansão significativa da sua oferta de serviços, fora do setor dos transportes.

 

A Uber planeia entrar numa nova área de negócio: a de recursos humanos. Ao que tudo indica, a empresa vai lançar um novo serviço business-to-business que permite a empresas parceiras contratar empregados de mesa, seguranças e outro staff, tipicamente, requisitado para trabalhos temporários.

Através do Uber Works, está a expandir o modelo on-demand para mais tipos de trabalho temporário, explorando o crescimento da gig economy (um mercado de trabalho caracterizado por contratos de curto prazo e trabalho freelance).

Este pode significar um alargamento significativo da sua oferta de serviços, fora do setor dos transportes. Mais uma vez, a Uber está a posicionar-se como uma empresa “magnética”, que agrega procura e oferta para rentabilizar um novo serviço e criar uma nova fonte de receita.

O novo serviço pode ser mais uma peça importante para o crescimento da Uber, à medida que se está a transformar numa plataforma de transportes multimodal (inclui bicicletas, trotinetes, transportes públicos).

A app da Uber passou a integrar sugestões personalizadas de deslocação. Com base no histórico de preferências, indica os modos de transporte disponíveis nas redondezas e o modo mais rápido de chegar ao destino, evitando trânsito e outros constrangimentos.

Vale a pena ver a entrevista do CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, na Code Conference, em que expõem a estratégia da Uber para transformar-se na “Amazon” dos transportes:


A economia on-demand é importante para a sua empresa? Contacte a FABERNOVEL:

Tagged with: