Obrigado Bob! ūüôŹ

Por Nuno Ribeiro, Portugal Country Manager da FABERNOVEL

 

Se há empresa que mais impacto teve na maioria das pessoas em todo o mundo é a Walt Disney. Encanta-nos, desde pequenos, com filmes de animação.

Walt Disney¬†foi um empreendedor, um criativo e o seu legado continua vivo atrav√©s da empresa que criou e que √©, hoje, uma refer√™ncia em termos de gest√£o e inova√ß√£o. A forma como criou um ecossistema de marcas, e as aplica nos seus diferentes neg√≥cios (filmes, televis√£o, r√°dio, plataformas digitais,¬†merchandising, parques de divers√£o, hotelaria, forma√ß√£o, etc.), s√£o o exemplo vivo do foco no utilizador para al√©m do ‚Äúcore business‚ÄĚ.

Ao longo dos anos, a Disney √© uma das empresas que tenho acompanhado com aten√ß√£o, sobretudo pela forma como, Bob Iger enquanto¬†CEO, superou os v√°rios desafios. Primeiro, da transforma√ß√£o da ind√ļstria de media e entretenimento, depois os choques tecnol√≥gicos e as altera√ß√Ķes comportamentais e, finalmente, a inova√ß√£o dos modelos de neg√≥cio. N√£o h√° d√ļvida, depois de tantas supera√ß√Ķes que seja mais do que justa a sua elei√ß√£o como melhor gestor do ano (2019) pela revista Time.

Bob Iger, CEO da Disney, gestor do ano (2019) na capa da Time.

Na sua recente autobiografia, Bob Iger – The Ride of a Lifetime (lessons learned from 15 years as CEO of the Walt Disney Company), escrita com¬†fluidez e¬†um elevado n√≠vel de¬†intimidade, Bob conta em detalhe o seu percurso profissional. Tudo come√ßou¬†em julho de 1974, quando era supervisor de est√ļdio na esta√ß√£o de televis√£o ABC e traz-nos at√© aos mais recentes desafios de liderar a maior empresa de media e entretenimento do mundo.
Como CEO da Disney, fez v√°rias aquisi√ß√Ķes, mas sempre mantendo o ADN das empresas que adquiriu (Pixar, Marvel, Lucasfilm e Fox), sem nunca perder de vista o alinhamento com o legado de Walt Disney.

H√°, no testemunho de Bob Iger, conselhos importantes e que destaco:
Risco: onde explica que correr grandes riscos faz todo o sentido.
Instinto: como uma vari√°vel importante na gest√£o e foi, por exemplo, o seu instinto que o travou, no √ļltimo minuto, evitando a compra¬†do Twitter.
Inovação: se não inovarmos, morremos.
Integridade: um valor que não tem preço.

N√£o poderia deixar de recomendar este livro, que serviu tamb√©m para preencher ‚Äúespa√ßos em branco‚ÄĚ sobre os bastidores de alguns momentos¬†da hist√≥ria¬†de alguns neg√≥cios, com a perspetiva de Bob Iger. Mais do que os bastidores da Disney, este livro √© o ‚Äúepis√≥dio‚ÄĚ de uma sequela que cruza as empresas Apple, Disney e Pixar e na qual participam outras personalidades para al√©m de Bob Iger, como Steve Jobs, Ed Catmull, Warren Buffett e Tim Cook.

Se tivesse que escolher a sequência lógica desta sequela em livros, que cruza estas empresas e personalidades, esta seria a ordem:

1) iCon (2005) – biografia (n√£o autorizada) de Steve Jobs, dos autores Jeffrey S. Young, William L. Simon.

2) Criatividade (2014) de Ed Catmull.

3) Efeito Bola de Neve (2009) – biografia de Warren Buffett, escrita pela jornalista Alice Schroeder.

4) The Ride of a Lifetime (2019) – autobiografia de Bob Iger.

5) Tim Cook: The genius that took Apple to the next level (2019) – a primeira biografia sobre o atual CEO da Apple, escrita pelo jornalista Leander Kahney.

A sequela pode ainda n√£o ter terminado‚Ķ Bob¬†deixa no ar pistas para o futuro. Num curto desabafo, entre par√™ntesis, escreveu que se Steve Jobs ainda estivesse vivo, teriam feito uma fus√£o entre as suas empresas (Apple e Disney) ou, pelo menos, teriam discutido o assunto de uma forma muito s√©ria (p√°gina 190), garantindo, assim, a Tim Cook que se o fizer ter√° a ‚Äúben√ß√£o‚ÄĚ do Steve‚Ķ

Palpita-me que esta possível fusão já pode estar a ser discutida, a avaliar pela recente saída de Bob Iger da administração da Apple (onde estava desde 2011, após a morte de Steve Jobs) para evitar um conflito de interesses e pela surpreendente saída repentina do cargo de CEO com efeito imediato (25 de Fevereiro 2020), para assumir o lugar de presidente executivo até 2021.
E qualquer semelhan√ßa entre a Apple TV+ e a Disney+ √© pura coincid√™ncia‚Ķ ūüėČ

E termino como comecei.¬†Obrigado, Bob! ūüôŹūüŹĽ

PS: Deixo também como sugestão a Masterclass de Bob Iger sobre Estratégia de Negócios e Liderança. [Masterclass.com]

Tagged with: