Voltar ao topo

Stripe compra Paystack, a “Stripe” africana

  • A norte-americana Stripe comprou a Paystack, uma startup nigeriana que permite integrar diretamente em sites um serviço de pagamentos.
  • O mercado de e-commerce africano está em rápido crescimento, estimando-se que cresça 21% ao ano, ou seja, 75% mais rápido do que a média mundial.

A norte-americana Stripe, que é uma plataforma de pagamentos global que permite às empresas aceitar pagamentos online em mais de 130 moedas, reforçou a sua presença no mercado africano com a compra da startup nigeriana Paystack. O valor da compra ultrapassou os 200 milhões de dólares.

Apelidada muitas vezes de Stripe africana, a Paystack permite integrar diretamente em sites um serviço de pagamentos, cobrando uma comissão por transação entre 1,5% e 3,9%.

Atualmente, a PayStack tem mais de 600 mil clientes na Nigéria e no Gana, incluindo pequenos comerciantes, entidades públicas e algumas grandes empresas, como a gigante de telecomunicações MTN.

Só na Nigéria, a PayStack já é responsável pelo processamento de mais de metade do total de transações online. Agora, o objetivo da startup é expandir a todo o mercado africano, incluindo a África do Sul onde já iniciou um teste piloto.

Para a Stripe, esta aquisição é um movimento estratégico que permite sobretudo acelerar a expansão geográfica, apostando em mercados emergentes.

O mercado de e-commerce africano está em rápido crescimento, estimando-se que cresça 21% ao ano, ou seja, 75% mais rápido do que a média mundial.


Se a transformação na indústria financeira é importante para a sua empresa, contacte a FABERNOVEL:

    Author avatar
    FABERNOVEL
    A FABERNOVEL é um novo tipo de empresa que promove a inovação e o human-centered design na era digital, para ajudar as grandes empresas a desenvolverem o seu negócio à velocidade de uma startup.
    We use cookies to give you the best experience.