• O Looop é o novo sistema de reciclagem em loja da marca de vestuário H&M, que permite aos clientes transformar peças de roupa usadas em novos artigos. 
  • Esta solução tecnológica vai ser licenciada a toda a indústria da moda, promovendo hábitos mais sustentáveis naquela que é a segunda indústria mais poluente do mundo.

 

A marca de vestuário H&M lançou, na Suécia, o Looop, um sistema de reciclagem de vestuário em loja que permite aos clientes transformar peças de roupa usadas em novos artigos, como, por exemplo, uma saia dar vida a uma nova camisola.

O processo demora cerca de 5 horas e consiste em 8 passos, que vão desde a limpeza das peças à sua transformação em fibras que dão origem a novos artigos.

O sistema não utiliza água nem químicos, o que faz com que tenha um impacto ambiental significativamente menor, comparando com a produção de peças de vestuário a partir do zero.

A utilização deste sistema tem um custo associado para os clientes, mas as receitas revertem para projetos de investigação para tratamento de materiais têxteis.

Esta iniciativa faz parte da estratégia de sustentabilidade que a H&M tem vindo a pôr em prática com o objetivo de que até 2030 todos os materiais sejam reciclados ou, pelo menos, de origem mais sustentável.

Desenvolvida pelo Hong Kong Research Institute of Textiles and Apparel (HKRITA) em colaboração com a Fundação H&M, esta solução tecnológica vai, agora, ser licenciada a toda a indústria da moda, promovendo hábitos mais sustentáveis naquela que é a segunda indústria mais poluente do mundo.