Clubhouse, uma nova rede social em formato áudio

  • A Clubhouse é uma nova rede social, disruptiva e diferenciadora, onde não se escreve, mas fala-se como se estivéssemos sentados à mesma mesa de um bar a conversar.
  • A aplicação permite criar ou entrar em salas de chat para debater temas com especialistas, ou apenas ouvir, sobre qualquer tema, desde tecnologia à música, saúde, empreendedorismo e desporto. 

Subscreva o nosso podcast em:
Apple Podcasts | Spotify | Google Podcasts | TuneIn

A Clubhouse é uma nova rede social, disruptiva e diferenciadora, onde não se escreve, mas fala-se, como se estivéssemos sentados à mesma mesa de um bar a conversar.

Criada por Paul Davison e pelo ex-colaborador da Google Rohan Seth, a Clubhouse permite criar ou entrar em salas de chat (públicas ou privadas) para debater temas com especialistas, ou apenas ouvir, sobre qualquer tema, desde tecnologia à música, saúde, empreendedorismo, desporto e muitos mais temas.

Assente no formato de conteúdo em áudio, pouco explorado por outras redes sociais, a Clubhouse já conta com mais de 6 milhões de utilizadores conquistados em menos de um ano, apesar de o acesso ainda só ser possível por convite e apenas a utilizadores de iPhone.

A comunidade de portugueses nesta nova rede social tem vindo a crescer a grande velocidade e há muitas salas onde se fala português, em particular sobre temas como inovação e empreendedorismo.

O crescimento da base de utilizadores está a ser impulsionado pela adesão de várias personalidades, como é o caso do CEO da Tesla e da SpaceX, Elon Musk, que foi entrevistado, recentemente, numa das salas.

Ainda a avaliar quais os possíveis modelos de negócio, um dos possíveis caminhos para rentabilizar esta plataforma passará por um modelo de subscrições, que permitirá também a quem dinamiza conversas rentabilizar a sua audiência, através, por exemplo, da venda acesso às salas de chat.

Desde que foi lançada em 2020, esta startup americana já captou 110 milhões de dólares e atingiu uma valorização de mil milhões de dólares. O principal investidor é o fundo de investimento a16z (Andreessen Horowitz).

 


Se a transformação na indústria de media é importante para a sua empresa, contacte a FABERNOVEL:

    Author avatar
    FABERNOVEL
    A FABERNOVEL é uma agência de inovação nativa digital que ajuda as grandes organizações a construir o futuro das suas indústrias, à velocidade das startups. Com uma abordagem centrada no utilizador, acompanhamos a concepção, a prototipagem e o teste de produtos e serviços inéditos, bem como na implementação de estratégias inovadoras, novos modelos de negócio, novas experiências físicas e digitais. Com escritórios em: Paris, Lisboa (Estoril), São Francisco, Shanghai, Singapura, Casablanca e Beirute.
    We use cookies to give you the best experience.