Einstein, o descodificador do Universo

Einstein foi talvez o cientista que mais contribuiu para descodificar matematicamente o universo em que vivemos, ou como o próprio exprimia a sua motivação: “Quero saber como Deus criou este mundo… quero conhecer os seus pensamentos, o resto são pormenores”.

A equação E=mc² [E (energia) = m (massa) X c² (velocidade da luz ao quadrado)] é uma das que marcou o seu contributo para repensar a física e entender, por exemplo, o “Big Bang”.

As suas descobertas foram tão marcantes, que mesmo hoje quando nos referimos a alguém com grande inteligência é comum ouvir: “É um Einstein!”.

Com 26 anos, Albert Einstein escreveu em 6 meses (17 de março a 27 de setembro de 1905), os cinco artigos que mudaram para sempre a ciência. Para justificar este feito, dizia “Uma tempestade soltou-se na minha mente”.

À genialidade, juntou-se uma imagem de marca fora dos padrões comuns para os cientistas da sua época. Não usava meias, vestia-se de forma desleixada, normalmente com calças curtas, usava cabelo comprido e despenteado (próprio de quem tem uma tempestade permanente sobre a sua cabeça) e levava uma vida de boémio.

Einstein pertence ao grupo dos improváveis, com uma infância marcada pela dificuldade de aprendizagem e um grande atraso na fala, não demonstrava nenhum sinal de que poderia vir a ser escolhido como a pessoa do século pela revista Time em 1999.

Para entender os contributos de Albert Einstein, e em particular os cinco artigos que escreveu em 1905, recomendo o livro Einstein 1905: O padrão da grandeza (2007) de John S. Rigden e também a série Genius, com a primeira temporada dedicada a Einstein, disponível no Disney+.

Para os mais pequenos, e também no Disney+, fica a sugestão da série Little Einsteins (2005) para estimular a inteligência, através do conhecimento da arte e da cultura.

Author avatar
Nuno Ribeiro
Portugal General Manager da agência de inovação FABERNOVEL. Foi diretor da unidade de negócio multimédia do grupo Global Media (2008 a 2012), diretor da unidade de negócios de Internet do grupo Cofina Media (1999 a 2008) e consultor do secretário de Estado da Comunicação Social para a área digital (1997 a 2002). Em paralelo com a atividade profissional foi docente, coordenador de programas executivos e pós-graduações nas Universidades: Católica-Lisbon, Europeia, ISEG e Lusófona (2001 a 2016). Colaborou com artigos de opinião e comentador, sobre temas de inovação, transformação digital e nova economia nos media: Visão, Diário de Notícias, Meios & Publicidade e Económico TV. 
Autor do livro Gerir na Era Digital (2011). É licenciado em Economia pela Católica-Lisbon, onde também concluiu o curso avançado Gestão de empresas tecnológicas e uma pós-graduação em Media e Entretenimento.
We use cookies to give you the best experience.