Viver no metaverso, depois da morte

Acaba de sair a 2ª temporada da série de ficção científica Upload, um original da Amazon Prime Video, que nos leva de volta a 2033. Trata-se da continuação da história que tinha deixado por esclarecer a misteriosa morte de Nathan, um jovem empreendedor, depois de um inexplicável acidente com um carro autoguiado.

Às portas da morte, é feito o upload da sua consciência para um universo digital pós-vida, mais especificamente o Lake View, uma luxuosa versão do paraíso. Muito semelhante ao modelo de um hotel, os custos de alojamento de Nathan nessa realidade virtual são suportados pela namorada possessiva que fica no mundo dos vivos, podendo, de vez em quando, mergulhar no metaverso para o visitar.

Nathan dispõe de uma gestora de cliente, Nora, que assume o papel de anjo da guarda e vai descobrindo os prós e os contras de “viver” como avatar, com um avultado plafond de dados, num mundo virtual em construção e nem sempre perfeito, em que os ricos têm direito a todos os extras e os pobres são condenados a viver com 2 gigas por mês. O que, para um avatar, pode dar apenas para 1 dia.

Upload é uma série que enfatiza os sentimentos entre as personagens reais e virtuais. E se na primeira temporada Nathan se apaixona pela sua gestora de cliente, na segunda temporada, Nora desaparece dos radares para se juntar a uma comunidade de tecnófobos.

Hilariante, esta comédia de ficção científica, assinada por Greg Daniels, vencedor de um Emmy, é um bom exercício de projeção num futuro que alguns anseiam criar no metaverso.

Author avatar
Sandra Lucas Ribeiro
Sandra começou a sua carreira como jornalista na rádio e na televisão, mas depois de 7 anos nos media, dirige-se para a área digital como directora de serviço a clientes, passando pela Absolut System, OgilvyInteractive, OgilvyOne MSTF Partners, GreyGroup e Start. Na FABERNOVEL desde a sua criação em Portugal, tem-se dedicado ao estudo do Design Thinking e das metodologias utilizadas pelas startups. Apaixonada pelo impacto da tecnologia no comportamento humano, estudou também psicologia na Université Paris 8.
We use cookies to give you the best experience.