• O Jet Suit tem duas pequenas turbinas, presas a cada braço, e uma terceira que é transportada às costas para permitir voar.
  • Este wearable é particularmente útil em operações de resgate e salvamento e já está a ser testado no Reino Unido.  

A icónica personagem dos filmes da Marvel Iron Man parece ter saído da ficção para a realidade. A empresa britânica Gravity Industries desenvolveu um sistema, impresso em 3D, que dá a qualquer pessoa o super poder de voar. 

Batizado Jet Suit, este wearable tem duas pequenas turbinas, presas a cada braço, e uma terceira de maior dimensão que é transportada às costas. Com isto permite atingir, tecnicamente, uma altitude de 3.600 metros e uma velocidade de 136 quilómetros por hora.

Esta inovação pode ser bastante relevante em operações de busca e salvamento para que os socorristas cheguem o mais rápido possível a zonas acidentadas e de difícil acesso.

O Jet Suit já foi testado por paramédicos, em Inglaterra, e pelo próprio fundador da Gravity, permitindo subir uma montanha em pouco mais de 3 minutos. Tipicamente, o mesmo percurso de resgate feito a pé demora 70 minutos. 

A utilidade do Jet Suit estende-se também a áreas como a da defesa, apoiando operações militares.