Etiqueta: Tim Armstrong

Read More

AOL compra Huffington Post e Michael Arrington promete novela…

A AOL (America On Line) anunciou ontem a aquisição de uma das maiores referências de media digital norte americanas, o The Huffington Post por 315 milhões de dólares (300 milhões em dinheiro e 15 milhões em acções da AOL).
Com esta aquisição, a fundadora do The Huffington Post, Arianna Huffington, assume o cargo de presidente da nova empresa de conteúdos da AOL que terá o nome de Huffington Post Media Group(…)

Em Setembro do ano passado, a AOL adquiriu (por cerca de 30 milhões de dólares) o blog Techcrunch, fundado por Michael Arrington.
(…)
Michael Arrington é um grande conhecedor das indústrias de Media, Entretenimento, Tecnologia e Telecomunicações, mas é também conhecido pela sua frontalidade e polémica. Em 2008, foi considerado, pela revista TIME, uma das pessoas mais influentes do mundo. E como a própria Arianna Huffington (a sua nova chefe) o descreveu para a TIME, Arrington é conhecido em Silicon Valley como “Tony Soprano – como um homem sempre à beira de perder a calma” 🙂

Read More
Michael Arrington

AOL comprou o blog TechCrunch

A AOL comprou o blog TechCrunch, que foi fundado em 2005 por Michael Arrington. O TechCrunch tornou-se uma referência na informação sobre as indústrias de IT, Dot.com, Media e Entretenimento e Michael Arrington foi considerado pela revista TIME uma das 100 pessoas mais influentes do mundo.
Michael Arrington, é talvez a pessoa mais bem informada sobre tudo o que se passa no epicentro de Sillicon Valley seja sobre os gigantes, seja sobre as start ups, fundos de investimentos e business angels (financiadores de start ups)… é por isso, um quadro que pode ser muito importante (se for bem aproveitado), na AOL.
O valor do negócio não foi revelado por nenhuma das partes, mas os rumores apontam para um valor estará entre os 30 e os 40 milhões de dólares.

Com esta venda Michael Arrington garantiu que ficaria no Techcrunch os próximos três anos, e por isso, é quase certo que o pagamento será faseado e indexado aos resultados dos próximos três anos.

Veja a explicação de Michael Arrington sobre o porquê da venda ao AOL e o caminho traçado para o futuro: