Fusões e Aquisições: Google 23 Vs Microsoft 0

2010 está a ser um dos mais excitantes e dinâmicos nos mercados de TI´s, Dot.com´s, Media e Entretenimento.
Todos os grandes players, querem marcar “terreno” e garantir quotas de mercado em vários mercados.

Google, que desde sempre foi muito activo na aquisição de empresas (ler:Googlemania das aquisições ), este ano está a ultrapassar em muito o número médio de empresas adquiridas 23 até agora e ainda não terminou o ano… um sinal claro de que pretende entrar em novos negócios e travar a entrada dos seus concorrentes.

A Microsoft até é o único “gigante” que ainda não efectuou nenhuma compra. É possível, que o “namoro” anunciado esta semana com a Automattic possa dar em “casamento”/aquisição.

What’s the easiest job in tech in 2010? Being Microsoft’s M&A boss. The software giant has not made a single acquisition this year.

Every other major tech company in the world has acquired at least 3 companies, according to this chart from CB Insights.

This is pretty wild considering Microsoft is loaded with cash, and it’s working on a number of new products, especially in mobile and search. It’s hard to believe no companies — large or small — interested Microsoft enough to open its wallet.

Fonte: Business Insider.com

Author avatar
Nuno Ribeiro
Portugal General Manager da agência de inovação FABERNOVEL. Foi diretor da unidade de negócio multimédia do grupo Global Media (2008 a 2012), diretor da unidade de negócios de Internet do grupo Cofina Media (1999 a 2008) e consultor do secretário de Estado da Comunicação Social para a área digital (1997 a 2002). Em paralelo com a atividade profissional foi docente, coordenador de programas executivos e pós-graduações nas Universidades: Católica-Lisbon, Europeia, ISEG e Lusófona (2001 a 2016). Colaborou com artigos de opinião e comentador, sobre temas de inovação, transformação digital e nova economia nos media: Visão, Diário de Notícias, Meios & Publicidade e Económico TV. 
Autor do livro Gerir na Era Digital (2011). É licenciado em Economia pela Católica-Lisbon, onde também concluiu o curso avançado Gestão de empresas tecnológicas e uma pós-graduação em Media e Entretenimento.
We use cookies to give you the best experience.