Etiqueta: yahoo!

Read More

Vale a pena comprar acções da Apple, Microsoft,Google, Amazon ou Yahoo?

As empresas tecnológicas e dot.com, voltaram a estar na “mira” dos investidores, analistas e gestores de fundos.
Há quem continue tentar negar as evidências e a não entender os mercados, os consumidores, o posicionamento atual, a estratégia e capacidade futura de a implementar.

Há uma dificuldade efectiva em avaliar empresas destas indústrias quando comparadas com outras mais “tradicionais”, pois actuam em mercados com grande dinamismo e permanente mudança. Nestes casos, os factores decisivos são a capacidade de liderança das equipas de gestão, o conhecimento e talento das dos quadros da empresa.

Aqui fica uma análise simples e “tradicional” sobre a Apple, Microsoft, Google, Amazon e Yahoo!

Read More

Yahoo!: Resultados do 1º trimestre 2011

O Yahoo! divulgou os resultados do trimestre, que ficaram acima das expectativas.
– EPS (Ganhos por acção): 0,17 $ 0,16 $ relatados versus esperada
– Receita Líquida: 1,21 mil milhões de dólares versus 1,06 mil milhões dólares esperados
– Lucro Operacional: 190 mil milhões de dólares versus 147 milhões dólares esperados

Face a estes resultados, o mercado reagiu positivamente com uma subida das acções em mais de 5%, com a cotação acima dos 17 dólares… ainda longe dos 31 dólares por acção que a Microsoft ofereceu em 2008 na OPA (hostil).

Veja a apresentação dos resultados do Yahoo!

Mobile Display: Quotas de mercado nos Estados Unidos

O mercado de publicidade nas plataformas móveis estão em grande crescimento. Nos Estados Unidos o mercado de display mobile (banners em sites e aplicações para plataformas móveis), vale cerca de 390 milhões de dólares.
As estimativas para 2011 apontam para 1,9 mil milhões de dólares de publicidade nas plataformas móveis (display e search).

Google (19%) e Apple (18,8%), são os maiores players deste mercado.
A Millennial Media, detida por cinco fundos de investimento ocupa a terceira posição (15,4%). Está debaixo de olho dos gigantes (Google, Apple, Microsoft, Nokia e Yahoo!) e vai seguramente ser adquirida nos próximos meses… só falta adivinhar por quem?

Facebook lança plataforma de email (?)

O Facebook vai apresentar uma nova plataforma de email(?). O convite para o evento da próxima segunda-feira foi enviado na semana passada para os Media.

A partir daqui, a investigação e as especulações sobre o que será apresentado apontam para uma plataforma de serviço de email.
O domínio FB.com, que foi adquirido ao Amercian Farm Bureau por um comprador anónimo em Setembro, e no dia 12 de Novembro pelo Facebook poderá ser o “short url” do Facebook ou o domínio da esperada plataforma de email (ou ambos).

Tal como o convite do evento do Facebook informa, Mark Zuckerberg estará presente na conferência Web 2.0 Summit na terça feira e este será o momento para esclarecer como o novo serviço de email se enquadra na estratégia do Facebook.

O Facebook já é muito utilizado para a troca de mensagens entre os mais de 500 milhões de utilizadores em todo o mundo. Se estes passarem a ter (automaticamente) associada uma conta de email que permita a comunicação com utilizadores fora da rede será uma clara vantagem para o Facebook e um enorme “pesadelo” para os serviços de email já existentes que perderão utilizadores e que aumentará o tempo de permanência dos utilizadores no Facebook.

Read More

Sergey Brin e Larry Page: Game Changers – Bloomberg

Mais um programa “Game Changers” (Criadores de Mudança) do canal Bloomberg, dedicado a empreendedores da Tecnologia/Internet. Desta vez, os protagonistas do documentário foram os fundadores do Google: Sergey Brin e Larry Page.

O documentário descreve como o sonho de Larry Page de “fazer download da Web” alterou a forma como hoje utilizamos a Internet.

Foram revelados detalhes (até agora secretos), da história do Google:

– Steve Jobs -fundador e CEO da Apple, foi a primeira escolha para CEO do Google.

– Jeff Bezos – fundador e CEO da Amazon, foi um dos investidores iniciais (Business Angel) do Google com um investimento de 250 mil dólares

Yahoo! : Resultados do trimestre

O Yahoo! apresentou os resultados relativos ao terceiro trimestre.
As receitas tiveram (apenas), um crescimento de 2% face ao período homólogo atingindo o valor de 1,6 mil milhões de dólares.
Apesar das receitas terem uma subida ligeira, o impacto nos resultados operacionais foi significativo com uma subida de 107% para os 189 milhões de dólares, que se traduz num resultado de 0,29 dólares (mais 126% face ao período homólogo).

Read More

Regresso ao Futuro

Talvez poucos tenham tido contacto com uma das revistas (e sites), que foi uma referência na cultura e informação sobre o meio Internet entre 1995 e 2002. Refiro-me à Yahoo! Internet Life (YIL), uma revista mensal que resultou da parceria entre a editora Ziff-Davis e o portal Yahoo! (naquela altura o gigante Softbank era um importante accionista comum às duas empresas).
Tive oportunidade de adquirir alguns exemplares, desta e de outras revistas durante os loucos anos de boom e crash das dot.com. Durante uma pequena arrumação de fim de semana, voltei a folhear a edição especial de Dezembro de 1999 (com 284 páginas), que teve como tema de capa: 2000 and Beyond – What´s next for the Web?

Facebook ultrapassa Google em tempo de permanência

O Facebook ultrapassou o Google em tempo de permanência no mercado americano.
Este é um indicador importante para medir o tipo de envolvimento dos utilizadores com os sites, e um importante argumento comercial.

Infelizmente, por cá este indicador não é utilizado no ranking – Netscope da Marktest (apesar de ser medido o tempo médio de visita)- o que leva muitos editores nacionais a fazer refrescamentos automáticos nas suas páginas e a converterem tempo médio de visita em page views (é como misturar quilómetros com minutos).
Fica como exemplo e dica de boa prática a seguir pelo nosso mercado.

Read More

Yahoo! prepara Yahoo! TV?

O portal Yahoo! anunciou a parceria com a empresa Turca – Vestel (maior fabricante de televisões e set-top boxes para TV).
O objectivo é aumentar a oferta (aparentemente na Europa), dos conteúdos e widgets do Yahoo! Connected TV. O press release não explica muito mais…
O Yahoo! já tem os seus widgets disponíveis nas televisões: Sony, Samsung, LG e Vizio. Mas, o movimento de adopção da plataforma Google TV por alguns dos fabricantes, pode ter sido o que motivou o Yahoo! a fazer esta parceria com a Vestel.

A Vestel fabrica equipamentos com marca branca… é possível que o Yahoo! esteja a preparar um equipamento com a sua marca: Yahoo! TV (?)