Airbnb prepara expansão no mercado chinês

O Airbnb é um caso paradigmático de uma empresa que se inspirou nos GAFA (Google, Apple, Facebook e Amazon) para conseguir o metabolismo de crescimento acelerado que a transformou em “Unicórnio” (empresa com valorização superior a mil milhões de dólares). Hoje, a empresa está focada em explorar o seu crescimento à escala global e em manter um efeito de rede.

A empresa liderada por Brian Chesky prepara-se, agora, para uma expansão na China, um mercado extremamente difícil de penetrar. Hong Kong e Pequim são “cemitérios” de empresas de Silicon Valley, sendo a Uber um dos exemplos mais recentes: depois de investir avultadas quantias para assegurar a sua competitividade, a empresa optou por vender o seu negócio na China à Didi Chuxing.
Reconhecendo este desafio, o Airbnb está a avaliar a compra da sua rival chinesa Xiaozhu, uma vez que esta é uma empresa que opera há quatro anos no mercado chinês, que já criou uma base de clientes e que está em conformidade com muitas das questões regulamentares que uma empresa em crescimento enfrenta na China. Este pode ser, assim, o alicerce do Airbnb para começar a “construir” e ganhar escala na China.

xiaozhu

Xiaozhu é talvez a empresa mais interessante dentro da concorrência existente na China,  porque é aquela que apresenta uma taxa de ocupação mais elevada. Apesar de possuir menos anúncios do que a Tujia, por exemplo, é provável que o Airbnb tenha maior interesse nesta empresa pelo facto de possuir anúncios que mais se assemelham aos seus e por proporcionar uma experiência mais próxima de um lar.

Outra aposta inteligente por parte do Airbnb que esteve em cima da mesa foi a possível contratação de um CEO de nacionalidade chinesa (algo que a Uber nunca chegou a fazer), que o Airbnb começou a procurar há mais de um ano, para liderar a sua unidade de negócio Airbnb China. Brian Chesky é conhecido pelo seu perfeccionismo e por levar muito tempo na contratação de recursos humanos, pelo que a demora pode estar relacionada com a sua filosofia de gestão.

A eventual aquisição da Xiaozhu e o novo financiamento da Google Capital permitirão ao Airbnb continuar a expandir a sua oferta em todo o globo, nomeadamente os novos serviços acabados de lançar sob alçada do Airbnb Trips, um grande passo dado pelo Airbnb cuja estratégia passa por captar toda a experiência de viagem e manter-se no “top of mind” do consumidor.