Expedia: Análise facial para personalizar serviço

Female Head with biometric facial map

supertoast-profile A Expedia está a apostar na leitura de expressões faciais e na deteção do movimento dos olhos dos utilizadores, enquanto pesquisam e compram viagens online.

supertoast-profile As tecnologias de inteligência artificial estão entre as mais promissoras no campo da personalização da experiência do consumidor, permitindo aumentar a competitividade.


As tecnologias dedicadas à leitura de expressões faciais e deteção do movimento dos olhos são ferramentas poderosas para uma empresa que ambiciona ser user-centric e, por isso, as gigantes tecnológicas têm feito um grande investimento em inteligência artificial. A Apple e o Facebook adquiriram startups neste segmento (como é o caso da Emotient ou da FacioMetrics) e a Amazon já está a utilizar estas tecnologias nas suas lojas Amazon Go.

A Expedia tem feito esforços no mesmo sentido com o objetivo de fazer recomendações personalizadas, melhorar os seus serviços e manter-se um passo à frente da concorrência. A empresa abriu um novo laboratório de “usabilidade”, em Londres, que se dedica à observação dos utilizadores, enquanto pesquisam e compram viagens online, como testemunhou a Bloomberg.

Juntamente com a Autoridade de Turismo do Havai, a marca lançou uma campanha de marketing recorrendo a inteligência artificial: através do site “Discover Your Aloha“, solicitou aos utilizadores que ligassem a webcam para monitorizar as suas reações perante um vídeo filmado no Havai.

Através de sensores, colocados na face, e de câmaras, que detectam o movimento dos olhos, a empresa está a “ler” as emoções de voluntários e a recolher dados sobre a forma como reagem a conteúdos que lhes são mostrados durante o processo de reserva. E, com isto, está a introduzir melhorias ao nível do design e disposição de informação dos seus websites, aumentando o envolvimento emocional.

expedia-lab

Créditos: Expedia

Esta é uma das estratégias da empresa para ganhar vantagem competitiva em relação a concorrentes como o Booking, Skyscanner, TripAdvisor ou Airbnb, que estão a alargar os seus modelos de negócio, criando diferentes serviços para “captar” uma maior parte da experiência de viagem.

At Expedia, the customer is at the heart of our innovation, and we do everything we can to make the travel process from inspiration to booking easy. In order to deliver, we need to understand the needs of the customer, and our usability labs provide us real customer insights to improve our websites and test new ideas.” – Gary Morrison, vice presidente e diretor de retalho da Expedia.

Entre 2005 e 2015, o investimento em tecnologia, por parte da Expedia, cresceu de 130 milhões de dólares para 750 milhões. Durante o mesmo período, as receitas da Expedia duplicaram de 2.1 mil milhões de dólares para 6.7 mil milhões de dólares.

Créditos imagem destaque: Alfred Pasieka — Getty Images/Science Photo Libra

About FABERNOVEL (153 Articles)
A agência de inovação FABERNOVEL INNOVATE, ajuda as grandes empresas a desenvolverem o seu negócio à velocidade de uma startup, criando novos produtos e serviços focados na experiência do consumidor. Mais informação em: https://innovate.fabernovel.com

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: