Marriott: de alojamento a plataforma de experiências

  • O Marriott está a expandir a sua oferta de serviços para conquistar uma “maior fatia” da experiência de viagem.
  • Seguindo o modelo do Airbnb, as marcas de turismo estão a transformar-se em plataformas de experiências.

As marcas ligadas ao turismo estão a tentar quebrar os “silos” tradicionais na experiência de viagem, expandindo a sua oferta de serviços. Na mesma lógica adotada pelo Airbnb de captação de toda a experiência de viagem, o Marriott está a tornar-se um fornecedor de experiências, através da plataforma de reserva de tours e atividades PlacePass.

Para a cadeia de hotéis, investir numa plataforma que agrega a oferta de terceiros (como a Viator, GetYourGuide, etc) é uma forma inteligente de ganhar um maior conhecimento sobre o mercado e de tornar-se mais competitiva em relação à oferta de outros players.

Este é um sinal claro da transformação que o Marriott está a tentar promover: para além do alojamento, está a estender a sua presença a outros momentos da viagem e tentar criar maior valor para os clientes. O PlacePass é uma resposta direta à pressão colocada pelo Airbnb (lançou o Trips) nas cadeias hoteleiras no sentido de criarem uma oferta personalizada, autêntica e memorável.

O Marriott espelha esta mesma visão no seu programa de fidelização, que permite aos membros trocar pontos por experiências locais (música ao vivo, desporto,  atividades culturais, etc).

 

 

 

 

Tagged with: