Disney lança serviço de streaming de vídeo Disney+

  • A Disney lançou o seu novo serviço de streaming de vídeo, o Disney+, que atingiu 10 milhões de subscrições, em 24 horas.
  • Com esta nova estratégia de negócio, deixa claro que passou a considerar o Netflix, a Apple TV+, o YouTube TV e a Amazon Prime Video como concorrentes.

Subscreva o nosso podcast em:
Apple Podcasts | Spotify | Google Podcasts | TuneIn

A Disney lançou o Disney+, o seu novo serviço de streaming de vídeo (6.99 dólares/mês), que atingiu mais de 10 milhões de subscritores no dia do lançamento.

Inicialmente, o serviço está disponível nos Estados Unidos, Canadá, Holanda,  Austrália e Nova Zelândia, mas já tem data marcada de lançamento, em março de 2020, em mais mercados europeus, incluindo a Alemanha, a França, Itália, Espanha e Reino Unido.

O Disney+ agrega conteúdos da Disney, da Pixar, da Marvel, do Star Wars e da National Geographic, incluindo novos conteúdos originais.

O lançamento de um serviço direct-to-consumer é uma nova estratégia de negócio, que demonstra que a Disney está a seguir um novo caminho independente e autónomo suportado pelo seu portefólio de conteúdos únicos e marcas fortemente reconhecidas.

Através do Disney+, deixa também claro que passou a considerar o Netflix, a Apple TV+, o YouTube TV e a Amazon Prime Video como concorrentes.

 


Se a transformação na indústria de media é importante para a sua empresa, contacte a FABERNOVEL: