Voltar ao topo

MIT cria algoritmo que deteta Covid-19 através da tosse

  • Investigadores do MIT desenvolveram um novo algoritmo que deteta se uma pessoa está infetada com Covid-19, através da tosse.
  • O objetivo é disponibilizar este método de rastreio através de uma aplicação que permita gravar um áudio e receber de imediato um diagnóstico. 


Subscreva o nosso podcast em:
Apple Podcasts | Spotify | Google Podcasts | TuneIn

A tosse de um paciente com Covid-19 pode ser indistinguível ao ouvido humano, mas não passa despercebida a um algoritmo de inteligência artificial. A descoberta foi feita por investigadores do MIT que desenvolveram um novo algoritmo que deteta se uma pessoa está infetada com Covid-19, através da tosse.

O algoritmo foi criado com base em áudios enviados, de forma voluntária, por dezenas de milhares de pacientes com diagnóstico já confirmado. 

A taxa de sucesso é de 100% na análise à tosse de pacientes sem sintomas, mas que foram diagnosticados com a doença. 

Agora, o objetivo da equipa de investigadores é disponibilizar este método de rastreio através de uma aplicação a que os utilizadores possam aceder diariamente e que permita gravar um áudio e receber de imediato um diagnóstico, que pode depois ser confirmado com um teste. 

Uma vez aprovada pela entidade reguladora FDA, nos EUA, e adotada em larga escala, esta pode vir a tornar-se uma forma gratuita, conveniente e não invasiva para ajudar a identificar pacientes assintomáticos. 

Além da Covid-19, este método tem vindo a ser utilizado também para diagnosticar outras doenças respiratórias, como a pneumonia e a asma.


Se a transformação na indústria da saúde é importante para a sua empresa, contacte a FABERNOVEL:

    Author avatar
    FABERNOVEL
    A FABERNOVEL é um novo tipo de empresa que promove a inovação e o human-centered design na era digital, para ajudar as grandes empresas a desenvolverem o seu negócio à velocidade de uma startup.
    We use cookies to give you the best experience.