• A startup francesa Nahibu desenvolveu um teste doméstico de análise à microbiota com o objetivo de formular recomendações alimentares personalizadas. 
  •  Os resultados são apresentados online, através de percentagens e de gráficos fáceis de interpretar, com indicadores de saúde geral, nutricionais e de desempenho físico.

A ciência já comprovou: a nossa saúde, tanto física como mental, está fortemente ligada à composição da microbiota intestinal. Ou seja, dos microorganismos presentes no intestino. A Nahibu tem precisamente como missão descodificar o intestino e, assim, ajudar a preservar melhor a nossa saúde. Fundada em 2019, por Pierre Cressard, esta startup francesa desenvolveu um teste doméstico de análise à microbiota para depois poder formular recomendações alimentares personalizadas.  

O processo é simples: basta encomendar o kit online e fazer a recolha de uma amostra de fezes em casa (kit inclui frasco, luvas e um utensílio para recolha da amostra, bolsa de transporte da amostra e um envelope) que é, posteriormente, enviada para o laboratório de análise. O teste é feito com base na análise do ADN das bactérias presentes na amostra enviada. 

Entre 4 a 6 semanas depois, os resultados são apresentados online, através de percentagens e de gráficos fáceis de interpretar, com indicadores de saúde geral, nutricionais e de desempenho físico.

Com base nos resultados, a Nahibu dá a opção de receber recomendações alimentares personalizadas, incluindo probióticos e suplementos adaptados às necessidades de cada pessoa. O objetivo é ajudar a melhorar a imunidade, a digestão, o desempenho físico e o bem-estar mental. 

O kit de teste custa 199 euros. Adicionalmente, a Nahibu disponibiliza ainda dois planos: um com recomendações de nutrição personalizadas (219 euros) e o outro com teleconsulta com um especialista (269 euros).