Criptomoedas: O princípio do fim ou o início de uma nova era?

As criptomoedas têm sido cada vez mais notícia nos últimos tempos. E nas últimas semanas pela pior razão: um espetacular crash (Bitcoin, a principal criptomoeda, perdeu quase 30% do seu valor no espaço de uma semana). Alguns viram-no como o último prego no caixão de uma bolha especulativa sem características resgatáveis, enquanto outros estão a encorajar as pessoas ao “buy the dip”, uma vez que a oportunidade de investir na tecnologia revolucionária do futuro a este preço pode nunca mais voltar a ocorrer.

Este é um assunto que polariza profundamente o discurso dos curiosos, dos amadores, dos entendidos e dos profissionais. Alguns veem as criptomoedas como esquemas cínicos para atrair investidores pouco sofisticados, outros veem-nas como a salvação futura da Internet. Há para todos os gostos.

O que é certo é que, pela cobertura mediática, a maioria das pessoas acaba por ser apanhada pelo tema, muitas vezes incapazes de formar a sua própria opinião com tanta gíria técnica. Já era difícil compreender quando o Bitcoin pretendia substituir o dinheiro, mas e agora com NFT, finanças descentralizadas, Metaverso e moedas com cães?

The Ezra Klein Show, um podcast do New York Times apresentado por Ezra Klein, um jornalista especializado em finanças e economia e co-fundador da Vox, tem vindo a abordar o tema das criptomoedas. Nesta Weekend, deixo-vos dois: um a favor outro contra.

Em primeiro lugar, Ezra falou com Katie Haun, uma antiga escriturária do Supremo Tribunal e procuradora federal que participou no encerramento do Silkroad, um mercado digital ilegal onde se cruzou com os Bitcoins pela primeira vez. Hoje, Katie é sócia da empresa de capital de risco da Sillicon Valley a16z (Andreesen Horowitz), onde lidera o fundo de criptos de 2,2 mil milhões de dólares. Katie Haun fala na promessa de uma Internet com verdadeira propriedade de dados e de produtos digitais escassos, projetando como poderia ser a descentralização total da Internet e, por exemplo, o futuro das bolsas Gucci.

Mais tarde, Ezra convidou Dan Olson para participar no programa. Dan é um YouTuber com mais de 700 mil subscritores, que normalmente se concentra na cultura, jogos e arte. Em janeiro de 2022, publicou um vídeo de mais de duas horas chamado “Line Goes Up – the Problem with NFTs” que desde então foi visto por mais de 7 milhões de pessoas e se tornou viral em círculos cripto-céticos. Ezra e Dan conversaram sobre se existe realmente um problema para resolver sobre as criptomoedas, sobre as estratégias agressivas de marketing das empresas de cripto, sobre questões tecnológicas fundamentais e sobre as comunidades fanáticas que surgiram.

Independentemente de quem está certo, este é um assunto que merece a nossa atenção. Se a criptomoeda é de facto perigosa, temos de a compreender, se tiver um potencial revolucionário para transformar o mundo, não podemos ficar de fora.

Graças a estes dois episódios, podemos começar a nossa reflexão!

 

author

O Oliver integra a agência de inovação Fabernovel em Portugal desde Setembro de 2021 como Business Analyst. Com formação inicial em Economia, trabalhou como assistente de pesquisa no Instituto Suiço de Economia Internacional e Aplicada (SIAW-HSG) e estagiou na Organização Mundial do Comércio em Genebra, apoiando o Diretor do Conselho. O Oliver é formado em Economia pela Universidade de São Galo, na Suíça.