Hugo Décrypte: a estrela do YouTube que inspira os media

No dia 4 de junho, Elon Musk utilizou o Twitter para responder com um suspiro 😮‍💨 à entrevista onde Bill Gates rejeitou as suas acusações de ser anti-ecológico por investir na queda das ações da Tesla (short-selling).

Qual é o sentido de mencionar este episódio trivial? Esta entrevista a Bill Gates foi conduzida por um YouTuber francês de apenas 25 anos, chamado Hugo Travers, que se mostrou entusiasmado e incrédulo com o facto de Musk ter reagido nos media sociais à sua entrevista.

Mais conhecido por Hugo Décrypte (Hugo Descodifica), criou um media digital, com milhões de seguidores nos media sociais. O seu percurso inspirador começa em 2012 quando, aos 15 anos, lança o site de blogging Radio Londres. Com o slogan “um sopro de juventude na informação”, este blog permitia a jovens publicar os seus textos, mas revelou-se um formato pouco apelativo.

Hugo decide, então, lançar um canal no YouTube, em 2015, no mesmo ano em que entra para a prestigiada universidade Sciences Po. O objetivo era reacender o interesse dos jovens pela atualidade, numa altura em que procuram ter uma ação mais directa e militante em questões como o aquecimento global ou a discriminação. Entusiasmado com o papel democrático das redes sociais, mas reconhecendo os perigos e obstáculos, suporta-se na verificação de factos e na explicação de questões específicas para conquistar a audiência mais jovem.

Começou por pequenos vídeos explicativos, antes de entrar em conteúdos mais aprofundados, como a reportagem que fez no Brasil sobre o estado da Amazónia, e revela-se um bom entrevistador. Em 2016, por exemplo, recebeu o candidato presidencial francês e futuro ministro das finanças Bruno Le Maire. A popularidade é tal que, durante as últimas eleições presidenciais em França, todos os candidatos (à excepção do presidente em função, Emmanuel Macron) apressaram-se a aparecer no seu canal.

“Não janto com políticos, não me encontro com candidatos para os convencer a vir ao meu canal no YouTube. Prefiro manter uma certa distância. Eles estão conscientes do interesse em participar no programa, isso é óbvio, e nós estamos conscientes da nossa responsabilidade. Não podemos estender um tapete vermelho, a nossa credibilidade está em jogo”, explicou Hugo, que sente que lhe foi confiada “uma missão de utilidade pública”.

Hoje, Hugo Décrypte é um dos principais influenciadores em França, com 2,3 milhões de seguidores no TikTok, 2 milhões no Instagram, 1,6 milhões no YouTube e 300,000 no Twitch, onde apresenta semanalmente o programa em direto Mashup.

Concluídos os estudos, lidera agora uma equipa de 15 pessoas, incluindo jornalistas profissionais, que o ajudam a dirigir o seu media. O facto de ser bilingue (o pai é inglês e a mãe é francesa) permite-lhe chegar a uma audiência internacional. Exemplo disso é precisamente a entrevista com Bill Gates, onde falaram sobre questões climáticas e o grande investimento do fundador da Microsoft em questões de saúde global.

Esta entrevista é interessante não só porque permite conhecer os insights de Bill Gates, como também pelo facto de ser uma janela para o que poderá ser o futuro do nosso panorama mediático.

author

O Oliver integra a agência de inovação Fabernovel em Portugal desde Setembro de 2021 como Business Analyst. Com formação inicial em Economia, trabalhou como assistente de pesquisa no Instituto Suiço de Economia Internacional e Aplicada (SIAW-HSG) e estagiou na Organização Mundial do Comércio em Genebra, apoiando o Diretor do Conselho. O Oliver é formado em Economia pela Universidade de São Galo, na Suíça.