Voltar ao topo

Apple: Resultados (Q1-2014)

Apple apresentou resultados do último trimestre (primeiro trimestre fiscal de 2014).
O valor de receitas foi o maior de sempre da história da empresa, com 57,6 mil milhões de dólares, mas o lucro do trimestre praticamente igualou o do trimestre homólogo com 13,1 mil milhões.

Os principais indicadores a destacar sobre os resultados apresentados e respectivo crescimento face ao período homólogo (e diga-se com menos uma semana do que no ano anterior, ou seja, menos uns milhares de milhões):

Análise de resultados no trimestre (Q1 Homólogo) – 2013 Vs 2014
Dólares
2013
2014
Variação
Receitas (Mil Milhões) 54.5 57.6
+ 5,69%
Lucro (Mil Milhões)
13.078
13.1
+ 0,0%
Lucro por Acção
13,81
14,5
+ 5,00%
 

margem bruta das operações foi de 37,9% (vs 38,6%),

As receitas do iTunes / AppStore atingiram o valor de 4,397 Mil milhões de dólares (vs 3,687 Mil milhões em 2013).

Unidades dos equipamentos Apple vendidos no último trimestre e crescimento vs o período homólogo:

iPhone: 51 milhões, + 29,05%
iPad:26 milhões, + 13,54%
Mac: 4,8 milhões, +17%
iPod: 6 milhões , – 52,7%

A Apple no final de 2013 tinha uma tesouraria/liquidez de 158,8 mil milhões de dólares (cerca de 35% do valor da capitalização bolsista).

Comentário na Edição das 12- Económico TV (3 de Fevereiro 2014) aos resultados da Apple, Google, Facebook, Microsoft, Amazon e Yahoo!

Author avatar
Nuno Ribeiro
Country Manager da agência de inovação FABERNOVEL. Autor do livro Gerir na Era Digital (2011). Licenciado em Economia pela Universidade Católica de Lisboa, onde também concluiu um curso avançado de Gestão de Empresas Tecnológicas e uma pós-graduação em Gestão de Media e Entretenimento. Diretor a unidade Negócio Multimédia do grupo Controlinveste (2008 a 2012). Diretor da unidade de negócios de Internet do grupo Cofina Media (1999 a 2008). Consultor do secretário de Estado da Comunicação Social para a área digital (1997 a 2002).
We use cookies to give you the best experience.