Etiqueta: ipod

Melhor ideia de 2010: iPod nano transformado em relógio de pulso

2010 está a terminar e há uma ideia que pela sua simplicidade e forma como foi viabilizada e concretizada vale a pena destacar.

A ideia e o projecto pertencem a Scott Wilson fundador da empresa de design Minimal (com sede em Chicago – Estados Unidos).

A ideia nasce em Setembro de 2010 quando Steve Jobs apresenta a nova gama de iPods. Scott Willson percebeu que as dimensões e formatos do novo iPod nano são adequadas a um relógio de pulso.

O site Kickstarter (que permite a divulgação de ideias e projectos para captar investidores e compradores), é o local que Scott Wilson utiliza para captar investimento para o projecto que consiste em fabricar duas braceletes batizadas de TikTok e LunaTik.

Esta ideia foi publicada no site Kickstarter a 17 de Novembro.
O financiamento necessário para colocar esta ideia em prática era de 15 mil dólares… num mês foram captados 941 mil dólares em que participaram mais de 13 mil investidores/compradores.
Foi até agora o projecto mais bem sucedido do KickStarter.

Scott Wilson envia aos investidores/compradores informação actualizada da evolução do processo, incluindo video nas fábricas na China (onde estão a ser produzidas as braceletes).

Tudo indica que na primeira quinzena de Janeiro de 2011 as braceletes estejam nos pulsos dos compradores… assim que receber a minha dou notícias 🙂

Apple: Resultados históricos 20 mil milhões de receitas no trimestre

A Apple apresentou ontem os resultados do trimestre (que coincide também com o final do ano fiscal), e os resultados apresentados são históricos e acima das estimativas dos analistas. As receitas do trimestre ultrapassaram os 20,34 mil milhões de dólares e os lucros 4,3 mil milhões de dólares. As vendas dos equipamentos da Apple, apresentaram também valores históricos no trimestre com o iPhone a liderar o número de unidades vendidas com 14,1 milhões, 9 milhões de iPods, 4,19 milhões de iPads (abaixo das expectativas de 4,81 milhões, por falta de capacidade da produção corresponder à procura) e 3,89 milhões de Macs (que já conquistou 10% de quota de mercado de computadores nos Estados Unidos) e 250 mil Apple TV (valor revelado durante a sessão de perguntas e respostas).

A cotação das acções da Apple (NASDAQ: AAPL) antes da apresentação de resultados atingiram, no final da sessão de bolsa de ontem, o valor também histórico de 318 dólares por acção (uma valorização de 69,1% no ano), que se traduz no valor de mercado de 290 mil milhões de dólares colocando a Apple cada vez mais próxima de se tornar a maior empresa do mundo.
Depois do entusiasmo sobre a expectativa (e especulação) dos últimos dias amanhã a cotação apresenta no pré-mercado uma tendência de descida (de mais de 6%).

Em declarações ao canal Bloomberg, Brian Marshall da Gleacher & Company, mantêm a recomendação de compra com um price target de 345 dólares nos próximos 12 meses:

Na próxima quarta (às nossas 18 horas), o anunciado evento: “Back to the Mac”  onde se espera a apresentação do novo sistema operativo OS X e o do novo MacBook Air vão certamente animar positivamente a cotações da Apple.

Análise de resultados no trimestre (Q4 Homólogo) – 2010 Vs 2009

Dólares
2010 (Setembro)
2009 (Setembro)
Variação
Receitas (Mil Milhões)
20.343
12.207
+ 66,65%
Lucro (Mil Milhões)
4.308
2.532
+ 70,14%
Lucro por Acção
4,71
2,532
+86,02%

Análise de resultados no trimestre Q 4 Real Vs Estimativas

Dólares
2010
2010 (Estimativa)
Variação
Receitas (Mil Milhões)
20.343
14.750
+ 13,02%
Lucro por Acção
4,71
3,44
+36,92%

Acumulado do ano (Doze Meses – homólogo) – 2010 Vs 2009

Dólares
2010
2009
Variação
Receitas (Mil Milhões)
65.225
42.905
+52,02%
Lucro (Mil Milhões)
14.013
8.235
+ 70,16%
Lucro por Acção
15,41
9,22
+67,14%

Como habitualmente, os resultados foram apresentados pelo CFO – Petter Oppenheimer e o COO – Tim Cook. Mas com resultados tão expressivos Steve Jobs não resistiu e também esteve presente nesta apresentação de resultados histórica onde foi ultrapassada a barreira dos 20 mil milhões de dólares de facturação num trimestre.

E claro, Steve Jobs não resistiu a fazer a análise, retirar conclusões, provocar com truques Ninja os concorrentes 🙂 e a deixar recados aos programadores, editores e accionistas. Aqui ficam as mais relevantes:

Sobre a RIM e a quota de mercado dos Blackberry:

We’ve now passed RIM, and I don’t see them catching up with us.

Sobre o número de activações de Android e aplicações disponíveis:

What about Google? Activating 200,000 Android devices per day, and 90,000 apps in App store. Apple activated about 275,000 iOS devices per day over past 30 days, with peak around 300,0000 on some of those days. With 300,000 apps on App Store. No solid data for Android phone shipments. Google loves to characterize Android as open, and iOS and iPhone as closed. We find this a bit disingenuous.

Read More

iPod Ninja: o novo modelo

O site Scoopertino, que noticia e ficciona sobre o universo Apple descobriu que afinal Steve Jobs não é um Ninja (veja o Video:Steve Jobs é Ninja).
As estrelas Ninja com que terão sido encontradas na sua mala, afinal eram o novo protótipo do iPod Ninja, cujo o slogan será: “Perigosamente Cool”.

A grande vantagem é que qualquer utilizador do iPod Ninja, terá maior garantia de ouvir música sem que ninguém o interrompa 🙂

Apple: Novos iOS, iPods, iTunes 10 (Ping) e Apple TV

Hoje, Steve Jobs desvendou as novidades da Apple na apresentação de hoje – Veja no site da Apple a apresentação.

A apresentação começou com Steve Jobs a elogiar a presença do seu “compincha” (crime partner), Steve Wozniak (co-fundador da Apple), a quem pediu que se levantasse e foi aplaudido pela plateia. Desta forma passou  a mensagem interna e ao mercado sobre o possível mau relacionamento entre ambos...

Depois, de mostrar fotos das novas lojas em França-Paris, China – Xangai e Inglaterra-Londres explicou a importância que a rede de 300 lojas em 10 países, (que em momentos e pico chegam a ter um milhão de visitantes por dia) e a sua capacidade de captar novos compradores do primeiro Mac que desta forma se juntam à “família Apple” 🙂

E explicou a forma como o sistema operativo iOS cresceu e revolucionou a área móvel, com mais de 120 milhões de equipamentos móveis (iPhone, iPod Touch e iPad). E sobre os números de activações por dia, que têm sido divulgados por alguns dos concorrentes (como é o caso do Google em relação ao Android com as mais de 100 mil novas activações por dia), Steve Jobs decidiu “esmagar” os concorrentes divulgando que tem mais de 230 mil activações NOVAS por dia (sem contabilizar actualizações, como julga que estão a fazer alguns dos “amigos”/concorrentes estão a fazer).

Seguem-se as novidades:

Read More

Apple: Apresentação da nova Apple TV, novo iPad Mini e novos iPod Touch a 7 de Setembro

Nos últimos dias os rumores sobre os próximos lançamentos da Apple têm aumentado, e a cotação das acções  (NASDAQ:AAPL), desceram cerca de 5,19% nos últimos 6 dias. Ontem, depois de ter iniciado a sessão a descer para os 238,45 dólares (o valor mais baixo desde Abril) , recuperaram à medida que foi ganhando credibilidade que no dia 7 de Setembro a Apple irá apresentar novos produtos.
Steve Jobs prometeu quando apresentou iPad em Janeiro, que este seria um ano com muitos produtos, e até agora já lançou: Ipad, iPhone 4, novos Mac e Magic Trackpad.
No software, a actualização do sistema operativo iOS e um novo serviço que marca a entrada no mercado da publicidade com o iAd (que estou certo não será apenas para a área mobile…).

O que motivou a recente descida da cotação da Apple?
1) A rápida valorização que o título levou muitos investidores e especuladores a venderem com o objectivo de realizarem mais-valias de curto prazo.

2) Receio das expectativas sobre a performance dos resultados futuros da Apple
– O aumento da concorrência nos equipamentos de telemóveis com muitos fabricantes a adoptarem o sistema operativo Android.
– O expectável aumento de novos equipamentos tablet para concorrer com o iPad (como é o caso dos anunciados Blackberry Tablet e do Samsung Galaxy Tab).
– A anunciada entrada do Google no software de set-top box TV com a Google TV para concorrer com a Apple TV

O que vai ser anunciado no dia 7 de Setembro?

Read More

Nicholas Negroponte: Os livros físicos vão morrer dentro de 5 anos

O maior visionário da Era Digital – Nicholas Negroponte – referiu na semana passada numa conferência da CNBC que os livros físicos vão morrer dentro de 5 anos. Estou certo que muitos estão cépticos sobre esta afirmação de Negroponte, mas vale a pena reflectir antes de dizer: “Impossível!”
Para muitos, esta realidade pode ainda estar longe, mas se percebermos a velocidade que o iPad, Kindle, Nook e outros tablets estão a vender e a forma como as editorias e distribuidoras (como a Amazon.com), se estão a adaptar e a criar novos modelos de negócio e principalmente, como os consumidores estão a alterar a forma de consumo é fácil perceber que Nicholas Negroponte pode estar (como habitualmente) certo neste assunto.

Internet com mais video ou televisão mais interactiva?

Mal surgiu a Internet, logo se percebeu que seria uma plataforma universal onde todo o tipo de dados poderiam proliferar em prol da comunicação mundial.
Uma das aplicações que marcou o arranque e que abriu caminho, em 1995, foi o Real Audio que levou muitas rádios a entrarem no ciberespaço, resolvendo mesmo problemas de alvarás, como era o caso da mítica britânica e “sempre” pirata Radio Caroline.