Porque é que a Google investiu na Lyft?

  • A Google está a dar seguimento ao seu plano para ‘cercar’ a Uber e assegurar que será um dos líderes do mercado de software para veículos autónomos.

A Google foi um dos investidores iniciais da Uber (258 milhões de dólares, em 2013), mas a visão de Larry Page – Fundador da Google e CEO da Alphabet –     para o futuro dos serviços de ride-sharing está, agora, focada na Lyft.

A empresa fez um investimento de mil milhões de dólares na Lyft, depois de ter feito, em Maio, um acordo para integração da sua tecnologia para carros autónomos na frota da Lyft. Como consequência David Lawee, partner do fundo de investimento da Google, CapitalG Partner, vai passar a fazer parte da administração da Lyft.

Com este investimento, a Lyft ficou com a valorização de 11 mil milhões de dólares, e conseguirá reforçar a sua presença no mercado de ride-sharing americano e, eventualmente, expandir-se (finalmente) internacionalmente.

A expansão da Lyft é bastante relevante para a Google escalar a sua tecnologia para carros autónomos e “cercar” a Uber. A Lyft é uma fonte de dados relevantes para a Google, pois a sua frota de automóveis faz milhões de quilómetros e os dados que estão a recolher – trajetos, duração das viagens, valor cobrado, rotas solicitadas e em que áreas, etc. – servem, para testar e melhorar a tecnologia da gigante tecnológica.

Além disso, o facto de a Lyft ter aberto o seu serviço a fabricantes de automóveis, como a Ford e a General Motors, e empresas tecnológicas (permitindo que estas testem os seus softwares para carros autoguiados), pode ter sido decisivo neste investimento da Google.

Larry Page quer liderar o mercado de software para veículos autónomos, mas os serviços de ride-sharing são só uma parte da sua equação no desenvolvimento das cidades inteligentes. A Google / Alphabet está a assumir-se como um player de inovação urbana, através da subsidiária Sidewalk Labs, e prepara-se para o desenvolvimento de áreas urbanas digitais, como a que está a desenvolver em Toronto.