Goldman Sachs expande plataforma de empréstimos e contas poupança

  • A Goldman Sachs está a criar uma nova oferta digital no setor financeiro para concorrer com os novos players fintech.
  • A empresa começou a expandir a sua plataforma de empréstimos pessoais e contas poupança.

 

A Goldman Sachs lançou, no Reino Unido, a Marcus, a sua plataforma de empréstimos pessoais, sem comissões e taxas fixas, e de contas poupança online. A empresa está a testar os serviços com uma base mais reduzida de utilizadores (6 mil colaboradores) para “afiná-los” antes do lançamento oficial.

A empresa vai começar por permitir a criação de contas poupança online, com uma taxa de juro de 1,5%, e vai introduzir os empréstimos pessoais, sem comissões, nem taxas de juro fixas, no próximo ano.

 

A Goldman Sachs está a construir o seu portefólio de serviços bancários digitais, que poderá vir a fortalecer com a introdução de novos serviços, incluindo através da aquisição de novas empresas (adquiriu, recentemente, a Clarity Money, uma startup de gestão de finanças pessoais). Esta é uma forma de “reagir” e tornar-se mais competitivo em relação à oferta criada por startups fintech, como a Monzo, a Starling e o Atom Bank.

A empresa está também a criar uma porta de entrada no segmento, mais vasto, da banca de retalho. Desta forma, pode potenciar uma crescimento da sua base de clientes, uma vez que outros negócios, como o de gestão de fortunas (requer um investimento mínimo de 10 milhões de dólares), não são dirigidos para as massas.

Através da Marcus, lançada nos EUA em 2016, já foram feitos empréstimos num montante total de 2,5 mil milhões de dólares e é possível criar contas poupança com um valor mínimo de 1 dólar.

 


A transformação na indústria da banca e dos seguros é importante para a sua empresa? Contacte a FABERNOVEL INNOVATE:

Tagged with: